Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir para o rodapé

Dossiê Outras vidas contra o espetáculo:o animal, o vegetal, a máquina e o alien

v. 2 n. 1 (2021): Dossiê - Outras vidas contra o espetáculo: o animal, a planta, a máquina e o alien

Elementos de diplomacia extraterrestre

DOI
https://doi.org/10.53981/destroos.v2i1.33055
Enviado
abril 10, 2021
Publicado
2021-08-25

Resumo

A série de filmes Homens de preto, dirigidos por Barry Sonnenfeld, retrata uma agência cujo objetivo é evitar que a presença de extraterrestres na Terra cause problemas – sejam eles mal-entendidos ou agressões violentas. Sob a forma da comédia, eles permitem compreender o ponto fraco tanto do universalismo quanto do particularismo: não há diferença sem indiferenciação – e nem indiferenciação sem diferença. No momento em que os sonhos de igualdade e de universalidade – tal como colocados em prática, por exemplo, ao final da época romana, com a edição da Constituição Antonina, que estendeu a cidadania romana a todos os habitantes do Império – pretendem se materializar, não são os protocolos de abstração legal que devem realizar todo o trabalho, e sim os de uma verdadeira diplomacia alienígena, cujo ponto de partida consiste em nos considerar como estranhos a nós mesmos.

Downloads

Não há dados estatísticos.