DICIONÁRIO CIENTÍFICO ILUSTRADO

APRENDENDO MAIS SOBRE CIÊNCIA NO GTD

  • Camila Amorim Campos Universidade Federal de Minas Gerais
  • Marília Rodrigues Alves de Souza Universidade Federal de Minas Gerais
  • Daniel Jacinto da Silva Universidade Federal de Minas Gerais
Palavras-chave: Ciência; dicionário; educação.

Resumo

O Grupo de Trabalho Diferenciado “Dicionário Científico Ilustrado”, destinado às crianças do 1º ano do 1º ciclo, tem como objetivo principal permitir a construção de conhecimentos e experiências, convidando os alunos a pensarem em um Dicionário Científico Ilustrado. O processo de construção do Dicionário permitiu que os alunos se familiarizassem e se tornassem parte do processo, realizando uma construção coletiva, bem como acontece com a construção da Ciência, aproximando ainda mais, os alunos à mesma. Tendo como tema central a Ciência, os alunos, com a mediação dos professores, construíram um dicionário científico ilustrado, contendo palavras e seus respectivos significados. As palavras foram escolhidas, semanalmente, a partir de temas propostos pelos professores. A cada tema eram feitos desenhos, selecionadas as palavras e construídos os significados. Dessa forma, foi oportunizado aos estudantes, que protagonizassem as ações e descobrimentos, sendo sujeitos ativos, tendo uma relação direta com a construção de conhecimento e Ciência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Camila Amorim Campos, Universidade Federal de Minas Gerais

É mestra em educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e graduada em Pedagogia pela mesma Universidade. Teve a formação complementada por Intercâmbio Internacional em Portugal(2014/2015). Foi Bolsista de Iniciação Científica do CNPq de outubro de 2010 até janeiro de 2016 pesquisando currículo, culturas, gênero, modos de subjetivação, diferença e educação.É membro pesquisadora do GECC( Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Currículos e Culturas) da FaE/UFMG, onde discutem as temáticas currículo, gênero, sexualidade, culturas, mídia, políticas de currículos, identidade e diferença. Atualmente é coordenadora do Grupo de Estudos de Foucault da Faculdade de Educação da UFMG e coordenadora pedagógica do Museu Itinerante PONTO UFMG.

Marília Rodrigues Alves de Souza, Universidade Federal de Minas Gerais
Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal de Minas Gerais. Realizou mobilidade acadêmica na Universidade do Algarve em Portugal (2016). Atuou no colegiado do Curso de Pedagogia a distância - UAB/UFMG (2012-2015). Atuou como Tutora a distância no Curso de Aperfeiçoamento em Educação Científica (2014 e 2015). Atuou como educadora na equipe do Museu Itinerante Ponto UFMG (2016-2018). Atua como auxiliar de mediação museológica no Museu de Artes de Ofícios SESI/FIEMG. Tem interesse em Educação, Ciência e Tecnologia, Museus, Divulgação Científica e Educação a Distância.
Daniel Jacinto da Silva, Universidade Federal de Minas Gerais
Graduando em Design de Moda pela Universidade Federal de Minas Gerais. Atualmente é bolsista de extensão no Museu Itinerante Ponto UFMG da Universidade Federal de Minas Gerais. Tem experiência na área de Desenho Industrial, com ênfase em Desenho de Produto.  
Publicado
2020-05-30
Seção
Relatos de experiência (até 15 páginas)