Análise das exodontias realizadas na atenção primária da Região Metropolitana de Belo Horizonte

Analysis of the dental extractions performed in the primary health care of Belo Horizonte Metropolitan Region

Autores

  • Daniel Augusto Sabadini Freitas Universidade Federal de Minas Gerais
  • Maria Tereza Abreu Scalzo Universidade Federal de Minas Gerais
  • Renata Castro Martins Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.7308/aodontol/2020.56.e27

Resumo

Objetivo: Analisar as exodontias de dentes permanentes (exodontia de dente permanente e múltipla com alveoloplastia por sextante) realizadas na atenção primária da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH).

Métodos: Para a coleta de dados, foi utilizado o banco de dados da produtividade da atenção primária, da RMBH, ano de 2017, disponibilizado pelo Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (SUS). A variável dependente foi o indicador nº 21 do SUS, que corresponde ao percentual de exodontias realizadas dentre os procedimentos da atenção primária, cujo parâmetro deve ser ≤ 8% (≤ 8% e > 8%). As variáveis independentes foram: dados sociodemográficos (localização, população, Índice de Desenvolvimento Humano – IDH e Índice de Gini) e de saúde (cobertura de Estratégia de Saúde da Família – ESF e Equipes de Saúde Bucal – ESB e presença de Centro de Especialidades Odontológicas – CEO). Associações foram avaliadas por meio dos testes do Qui-Quadrado de Pearson e Exato de Fisher (p < 0,05), utilizando o programa SPSS 22.0.

Resultados: Foram analisados 49 municípios, sendo 67,3% do núcleo metropolitano. A mediana populacional foi de 25.537 habitantes, com IDH médio de 0,707 e Índice de Gini mediano de 0,464. As medianas de cobertura da ESF e ESB foram, respectivamente, 96,7% e 52,7%. Apenas 32,7% dos municípios apresentaram CEO. O indicador nº 21 do SUS apresentou uma mediana de 6,7%. Não houve associação entre o indicador nº 21 do SUS e as variáveis sociodemográficas e de saúde (p > 0,05).

Conclusão: A RMBH apresentou valores satisfatórios em relação ao percentual de exodontias realizadas, provavelmente devido aos bons indicadores socioeconômicos e de saúde bucal apresentados.

Descritores: Atenção Primária à Saúde. Cirurgia bucal. Serviços de saúde bucal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel Augusto Sabadini Freitas, Universidade Federal de Minas Gerais

Faculdade de Odontologia, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, Minas Gerais

Maria Tereza Abreu Scalzo, Universidade Federal de Minas Gerais

Programa de Pós-Gradução em Odontologia, Faculdade de Odontologia, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte

Renata Castro Martins, Universidade Federal de Minas Gerais

Saúde Coletiva, Avaliação de Serviços, Epidemiologia, Clínica Odontológica, Endodontia.

Downloads

Publicado

2020-09-17

Como Citar

Sabadini Freitas, D. A., Abreu Scalzo, M. T., & Martins, R. C. (2020). Análise das exodontias realizadas na atenção primária da Região Metropolitana de Belo Horizonte: Analysis of the dental extractions performed in the primary health care of Belo Horizonte Metropolitan Region. Arquivos Em Odontologia, 56. https://doi.org/10.7308/aodontol/2020.56.e27

Edição

Seção

Artigos