Conhecimento dos profissionais da educação infantil sobre saúde bucal: um estudo qualiquantitativo.

  • Leonardo dos Santos Antunes Universidade Federal Fluminense- UFF
  • Lívia Azeredo Alves Antunes Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ
  • Maria Bernadete Soares Soraggi Universidade Federal Fluminense- UFF
  • Marcos Paulo Fonseca Corvino Universidade Federal Fluminense- UFF

Resumo

A escola junto à família tem uma importante participação no desenvolvimento individual da criança. Assim, este estudo objetivou avaliar os conhecimentos em relação à saúde bucal de 245 profissionais de educação que lecionavam em 24 escolas de Educação Infantil da rede pública de Ensino de Niterói, RJ. Os
dados foram obtidos a partir de questionários auto-aplicáveis, contendo questões abertas e fechadas. A metodologia utilizada foi do tipo quanti-qualitativa e a análise quantitativa foi obtida pela freqüência (%) através do programa estatístico SPSS 11.0. Observou-se que 97% dos profissionais já receberam informações sobre saúde bucal e destes, as maiores fontes transmissoras foram os dentistas (86%) seguido dos meios de comunicação (59,8%). A auto-avaliação de seus conhecimentos foi positiva, uma vez que quase que a totalidade dos profissionais (92,7%) o consideraram bom ou razoável e 59,8% relataram ter condições de orientar seus alunos. No entanto, quando questionados sobre questões específicas de saúde bucal, pôde-se
observar que a grande maioria das respostas ocorreu de forma simples e abrangente, como, normalmente, os profissionais da área da saúde e os meios de comunicação abordam estas questões com a comunidade.
Concluiu-se que o nível de conhecimento dos profissionais não é o adequado e que estes possuem opiniões inconsistentes sobre conceitos básicos e informações relacionadas à saúde bucal.
Descritores: Educação em Saúde Bucal; Saúde escolar, Saúde bucal, Promoção da saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leonardo dos Santos Antunes, Universidade Federal Fluminense- UFF
Mestre em Odontologia pela Universidade Federal Fluminense.
Lívia Azeredo Alves Antunes, Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ
Mestre em Odontopediatria pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Maria Bernadete Soares Soraggi, Universidade Federal Fluminense- UFF
Mestre em Odontologia pela Universidade Federal Fluminense.
Marcos Paulo Fonseca Corvino, Universidade Federal Fluminense- UFF
Professor adjunto da Universidade Federal Fluminense.

Referências

1. American Academy Of Pediatric Dentistry. Definition of dental neglect. Pediatr. Dent. 1995- 1996; 17:26.
2. Fabre RC, Vilela EM, Biffi EM. Programa de prevenção e educação em saúde bucal para crianças de 3 a 5 anos: um relato de experiência. Rev. do CROMG 1998; 4:101-107.
3. Aquilante AG, Almeida BS, Martins de Castro RF, Xavier CRG, Sales Peres SHC, Bastos JRM. A importância da educação em saúde bucal para préescolares. Rev. Odontol. UNESP 2003; 32:39-45.
4. Pomarico L, Souza IPR, Tura LFR. Oral health profile of education and health professionals attending handicapped children. Pesqui. odontol.
bras. 2003; 17:11-16.
5. Pomarico L, Ramos AR, Souza IPR, Tura LFR, Magnanini MMF. Higiene bucal no ambiente escolar – avaliação de professoras. JBP j. bras.
odontopediatr. odontol. Bebê 2000; 3:295-299.
6. Temporini ER. Percepção de professores do sistema de ensino do Estado de São Paulo sobre seu preparo em saúde do escolar. Rev. Saúde pública 1988; 22:411-421.
7. Antunes LS. Percepção, conhecimento e atitude de professores, alunos e seus responsáveis frente à saúde bucal. (Dissertação). Niterói, Rio de Janeiro: Universidade Federal Fluminense. 2006. 162p.
8. Freire MCM, Soares FF, Pereira MF. Conhecimentos sobre Saúde Dental, Dieta e Higiene Bucal de Crianças Atendidas pela Faculdade de
Odontologia da Universidade Federal de Goiás. JBP j. bras. odontopediatr. odontol. Bebê 2002; 5:195-199.
9. Triviños ANS. Pesquisa qualitativa. In: ______ Introdução à pesquisa em ciências sociais. São Paulo: Atlas, 1987; p. 116-174.
10. Minayo MCS. Fase de análise ou tratamento do material. In: ______ O desafio do conhecimento. Rio de Janeiro: Hucitec-Abrasco,1999; p. 197-247.
11. Santos PA, Rodrigues JA, Garcia PPNS. Avaliação do Conhecimento e Comportamento de Saúde Bucal de Professores de Ensino Fundamental da Cidade de Araraquara. JBP j. bras. odontopediatr. odontol. Bebê 2003; 6:389-397. 47 Arquivos em Odontologia • Volume 43 • Nº 02 abril/junho de 2007
12. Glasrud PH, Frazier PJ. Future elementary schoolteachers knowledge and opinions about oral healthand community programs. J. Public Health
Dent. 1988; 48:74-80.
13. Lang P, Woolfolk MW, Faja BW. Oral health knowledge and attitudes of elementary schoolteachers in Michigan. J. Public Health Dent. 1989; 49:44-50.
14. Petersen PE, Danila I, Samoila A. Oral health behaviour, knowledge and attitudes of children, mothers and school teachers in România in 1993. Acta odontol. scand. 1995; 53:363-368.
15. Al-Tamimi S, Petersen PE. Oral health of school children, mothers and schoolteachers in Saudi Arabia. Int. Dent. J. 1998; 48:180-186.
16. Santos PA, Rodrigues JA, Garcia PPNS. Avaliação do conhecimento dos professores do ensino fundamental de escolas particulares sobre saúde bucal. Rev. odontol. UNESP 2002; 31:205-214.
17. Petersen PE, Hadi R, Al-Zaabi FS, et al. Dental knowledge, attitudes and behaviour among Kuwait mothers and schoolteachers. J. pedod. 1990; 14:158- 164.
18. Petersen PE, Esheng Z. Dental caries and oral health behaviour situation of children, mothers, and school teachers in Wuhan, People’s Republic of China. Int. dent. j. 1998; 48:210-216.
19. Petersen PE, Mzee MO. Oral health profile of school children, mothers and schoolteachers in Zanzibar. Community dent. health. 1998; 15:256-262.
20. Tsamtsouris A, Gairis V. Survey of pediatrician’s attitudes towards pediatric dental health. J. pedod. 1990; 14:152-164.
21. Unfer B, Saliba O. Avaliação do conhecimento popular e práticas cotidianas em saúde bucal. Rev. Saúde Pública 2000; 34:190-195.
22. Oliveira MW. A influência de um programa educativo sobre a higiene buco-dental de préescolares. (Dissertação). São Carlos, São Paulo:
Universidade Federal de São Carlos. 1996. 239p
Publicado
2016-03-02
Como Citar
Antunes, L. dos S., Antunes, L. A. A., Soraggi, M. B. S., & Corvino, M. P. F. (2016). Conhecimento dos profissionais da educação infantil sobre saúde bucal: um estudo qualiquantitativo. Arquivos Em Odontologia, 43(1). Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/arquivosemodontologia/article/view/3438
Seção
Artigos