Métodos químico-mecânicos para a remoção do tecido cariado

Autores

  • Michelle Cristina Lopes Universidade Estadual de Campinas -UNICAMP
  • Raphaella Capitoni Mascarini
  • Roberta Tarkany Basting Faculdade de Odontologia e Centro de Pesquisa, São Leopoldo Mandic, Campinas, SP

Resumo

Há algumas décadas, o tratamento da cárie preconizava a remoção dos tecidos cariados baseados em princípios de extensão para prevenção por meio de instrumentos rotatórios de corte e desgaste. Atualmente, novos materiais foram introduzidos no mercado com a utilização de produtos a base de aminoácidos com hidróxido de sódio ou papaína, os quais são indicados para remoção química - mecânica da cárie sem a necessidade de anestesia e equipamentos rotatórios. Esses materiais possibilitam preparos ultraconservadores. Portanto, o objetivo deste trabalho foi discutir, por meio de uma revisão de literatura, a efetividade dos métodos químico-mecânicos para remoção do tecido cariado.
Descritores: Cárie dentária. Restauração dentária permanente. Papaína.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Michelle Cristina Lopes, Universidade Estadual de Campinas -UNICAMP

Programa de Pós-Graduação em Odontologia, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Piracicaba, SP, Brasil

Raphaella Capitoni Mascarini

Cirurgiã-dentista

Roberta Tarkany Basting, Faculdade de Odontologia e Centro de Pesquisa, São Leopoldo Mandic, Campinas, SP

Faculdade de Odontologia e Centro de Pesquisa, São Leopoldo Mandic, Campinas, SP, Brasil

Referências

1. Aartman IH, Dejongh A, Van Der Meulen MJ. Psychological characteristics of patients applying for treatment in a dental fear clinic. Eur J Oral Sci. 1997; 105:384-8.
2. Akyuz S, Pince S, Hekim N. Children´s stress during a restorative dental treatment: assessment using salivary cortisol measurements. J Clin Pediatric Dent. 1996; 20:219-23.
3. Banerjee A, Watson TF, Kidd EAM. Carious dentine excavation using carisolv gel: a quantitative, autofluorescence assessment using
scanning microscopy. Caries Res. 1999; 33:313.
4. Baratieri LN, Andrada MAMC, Monteiro Júnior S, et al. Dentística: procedimentos preventivos e restauradores. 2ª ed. São Paulo: Santos; 1996. 5. Barmes DE. Foreword. J Public Health Dent. 1996; 56:131.
6. Basting RB. Promoção de saúde em dentística. In: Pereira AC. Odontologia em saúde coletiva: planejando ações e promovendo saúde. São Paulo: Artmed; 2003.
7. Burns T, Wilson M, Pearson GJ. Effect of dentine and collagen on the lethal photosensitization of Streptococcus mutans. Caries Res. 1995; 29:192- 7.
8. Cavel WT, Kelsey WP, Barkmeier WW, Blankenau RJ. Clinical evaluation of chemomechanical removal of cervical caries. Gen Dent. 1988; 36:405-8.
9. Ericson D. In vitro efficacy of a new gel for chemo-mechanical caries removal. J Dent Res. 1998; 77:1252.
10. Frencken JE. Proyecto de atención de salud bucal para refugiados. Dent World. 1992; 1:20-4. 11. Frencken JE. Manual for the atraumatic restorative treatment. Approch to control dental caries. Groninger Netherlands: WHO Collaborating Centre for Oral Health Services Research; 1997.
12. Frencken JE, Makoni F, Sithole WD, Hackenitz E. Three-year survival of one-surface TRA restorations and glass-ionomer sealants in a school oral health programme in Zimbabwe. Caries Res.
1998; 32: 119-26.
13. Frencken J, Phantumvanit P, Pilot T. Manual atraumatic restorative treatment technique of dental caries. 2ª ed. Groningen Netherlands: WHO Collaborating Centre for Oral Health Services Research, University of Gronongen; 1994.
14. Goldman M, Kronman JH. A preliminary report on a chemomechanical means of removing caries. J Am Dent Assoc. 1976; 93:1149-53.
15. Gonçalves RMG, Silva RHH. Experiência de um programa educativo-preventivo. RGO. 1992; 40:97-100.
16. Gwinnett JA, Barkmeier WW. Morphology of dentin surfaces in chemomechanically prepared cavities. Am J Dent. 1988; 1:101-4.
17. Habib CM, Kronman J, Goldman M. A chemical evaluation of collagen and hidroxyproline after treatment with GK-101 (N-chloroglycine). Pharm Ther Dent. 1975; 2:209-15.
18. Haffner C, Benz C, Folwaczny M, Hilckel R. Chemomechanical caries removal: a clinical study. Caries Rev. 1999; 33:312-3.
19. McCune RJ. Report on symposium onchemomechanical caries removal: a multicenter study. Compend Contin Educ Dent. 1986; 7:151-4.
20. McNierny HD, Petruzillo MA. A gentle approachto operative dentistry: the Caridex caries removal system. Gen Dent. 1986; 34:282-4.
21. Medi team annual report. Stockholm: Medi TeamDentalutveckling I Göteborg, 1998.
22. Meinbach E. A chemomechanical caries removalsystem: painless dentistry versus procedural inconveniences. Dent. 1990; 10:10-2.
23. Moimaz SAS, Saliba NA, Saliba OC, AlmeidaJCF. Educação para saúde bucal e prevenção. RGO. 1994; 42:71-4.
24. Naressi SCM, Araujo MAM. Comparação dainfiltração marginal de restaurações adesivas empregando instrumento rotatório ou sistema
químico-mecânico na remoção do tecido cariado. RPG Rev Pos-Grad. 2001; 8:313-21.
25. Navarro MF, Pascotto RC. Cimento de ionômerode vidro. São Paulo: Artes Médicas; 1998.
26. Pereira AS, Silva LR, Motta LJ, Bussadori SK. Remoção química de cárie por meio do gel papacárie. RGO. 2004; 52:385-8.
27. Porto CLA, Bandeira MFCL, Pozzobon RT. Carisolv: nova alternativa de tratamento da dentina cariada: relato de caso clínico. JBC J Bras Clin Estet Odontol. 2001; 5:69-73.
28. Raggio PD, Takeutti ML, Guaré RO, Haddad AS, Imparato JCP, Ciamponi AL. Remoção químicomecânica de tecido cariado em paciente portador de Síndrome de Down: relato de caso clínico. JBP
J Bras Odontopediat Odontol Bebê. 2001; 4:191- 6.
29. Ramos ME, Santos MA, Piro S, Carvalho F, Medeiros U. TRA: uma história de sucesso. Rev Bras Odontol. 2001; 58:13-5.
30. Silva LR, Bussadori SK. Papacárie: um novo material para remoção química e mecânica da cárie dentária. Odonto [Internet]. 2004. [acesso em 2005 abr.7]. Disponível em: URL: http://
www./lerartigo.asp?cat=1&area=2&cod=10 31. Silva LR, Tonolli G, Santos EM, Bussadori SK. Avaliação da biocompatibilidade in vitro de
um novo biomaterial para a remoção, químicomecânica da cárie 2003. Pesqui Odont Bras. 2003; 17:93.
32. Watson RF, Kidd EA. The “caridex” caries removal system symposium in Boston. Br Dent J. 1986; 161:461-2.
33. Zabotinsky A. técnica de odontologia conservadora. 2ª ed. Rio de Janeiro: Científica; 1955.

Downloads

Publicado

2016-05-23

Como Citar

Lopes, M. C., Mascarini, R. C., & Basting, R. T. (2016). Métodos químico-mecânicos para a remoção do tecido cariado. Arquivos Em Odontologia, 48(1). Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/arquivosemodontologia/article/view/3592

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)