Análise do perfil de encaminhamentos realizados pela Atenção Básica/Saúde da Família do município de Belo Horizonte ao serviço de Estomatologia do Hospital Municipal Odilon Behrens

  • Nayara Roberta de Andrade Barbosa Hospital Municipal Odilon Behrens
  • Aline Fernanda Cruz Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG
  • Júlio César Tanos de Lacerda Hospital Municipal Odilon Behrens
  • Renata Gonçalves Resende Hospital Municipal Odilon Behrens

Resumo

Objetivo: Avaliar o tipo e a relevância dos encaminhamentos feitos pela Atenção Básica/ Saúde da Família, do município de Belo Horizonte (BH), ao serviço de Estomatologia do Hospital Municipal Odilon Behrens (HOB) e analisar os critérios do Protocolo de Regulação da Saúde Bucal de BH. Material e Métodos: Para isso, realizou-se estudo epidemiológico transversal, fundamentado na análise retrospectiva e descritiva dos livros de registro do HOB e das listagens de marcação de consulta especializada de todos os pacientes encaminhados ao serviço de Estomatologia do HOB do período de janeiro de 2013 a junho de 2014. Resultados: Foram avaliados os encaminhamentos de 1992 pacientes, dos quais 71% (1414) compareceram às consultas agendadas. Houve predominância feminina entre os participantes e idade média de 54 anos. Quanto à prioridade dos encaminhamentos, foram encontrados: 513 (37%) prioridades alta, 422 (30%) prioridades média e 231 (16%) prioridades baixa. 75 (5%) dos encaminhamentos recebidos apresentavam alterações cujas características não estão descritas nos critérios do protocolo. 62 (4%) foram encaminhados erroneamente e 105 (8%) não possuíam alterações no momento da consulta. Assim, os encaminhamentos realizados pela atenção básica estão em conformidade com os critérios estabelecidos pelo Protocolo de Regulação. Mas, ao se comparar as alterações encontradas com o protocolo, observou-se critérios pouco objetivos, ocasionando discrepância entre a orientação do Ministério da Saúde e os atendimentos realizados pelo serviço de Estomatologia no município de BH. Conclusão: Sendo assim, ainda há a necessidade de revisão do protocolo atual, além da necessidade de instituir uma política de educação permanente na atenção básica.
Descritores: Serviços de saúde. Atenção básica à saúde. Atenção secundária de saúde. Diagnóstico bucal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nayara Roberta de Andrade Barbosa, Hospital Municipal Odilon Behrens
Programa de Residência Multiprofissional em Saúde, Hospital Municipal Odilon Behrens, Belo Horizonte, MG.
Aline Fernanda Cruz, Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG
Curso de Odontologia, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, MG.
Júlio César Tanos de Lacerda, Hospital Municipal Odilon Behrens
Cirurgião-buco-maxilo-facial, Hospital Municipal Odilon Behrens, Belo Horizonte, MG.
Renata Gonçalves Resende, Hospital Municipal Odilon Behrens
Estomatologista, Hospital Municipal Odilon Behrens, Belo Horizonte, MG.

Referências

1. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Saúde Bucal. Brasília, DF, 2006.
2. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Manual de especialidades em saúde
bucal. Brasília, DF, 2008.
3. Teixeira MG, Rates SMM, Ferreira JM. (Coord). O coletivo de uma construção: o sistema único de saúde de Belo Horizonte. 1a ed. Belo Horizonte: Rona, 2012.
4. Turci MA. (Coord.) Avanços e desafios na organização da atenção de saúde em Belo Horizonte. Belo Horizonte: Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte: HMP Comunicação, 2008.
5. Minas Gerais. Secretaria Estadual de Saúde. Organização do sistema de saúde. Belo Horizonte, 2013.
6. Data-SUS.gov.br [Internet]. Brasília: SISREG: Sistema Nacional de Regulação. [Acesso em 2014 Dez 16; citado 2015 Jan 11]. Disponível em: http://www2.datasus.gov.br/DATASUS/index.php?acao=11&id=30430
7. Brasil. Ministério da Saúde. SISREG: Sistema Nacional de Regulação. Versão 3.4. Brasília, 2008. Acesso em: 17 mar. 2014.
8. Chaves SCL, Barros SG, Cruz DN, Figueiredo ACL, Moura BLA, Cangussu MCT. Política Nacional de Saúde Bucal: fatores associados à
integralidade do cuidado. Rev. de Saúde Pública. 2010; 44(6):1005-13.
9. Belo Horizonte. Secretaria Municipal de Saúde. Coordenação de Saúde Bucal. Protocolo de regulação da saúde bucal. Belo Horizonte: Secretaria Municipal de Saúde, 2014.
10. Oliveira FMP. Estudo da Ocorrência das Lesões Bucais na Clínica de Estomatologia da Faculdade de Odontologia da UNIP – Campus Indianópolis, por meio de um método desenvolvido para coleta e processamento de dados [dissertação]. São Paulo (SP): Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Paulista; 2007.
11. Santos MMMC, Santos PSS, Souza RS, Marques MAC, Dib LL. Estudo retrospectivo das lesões bucais na clínica de Estomatologia da Universidade Paulista (UNIP). J. Health Sci. Inst. 2013; 31(3):248-53.
12. Ambika L.; Vaishali K.; Shivayogi H.; Sudha P.Prevalence of oral mucosal lesions and variations in Indian public school children. Braz. J. Oral Sci. 2011; 10(4):288-93.
13. Kniest G, Stramandinoli RT, Ávila LFC, Izidoro ACAS. Frequência das lesões bucais diagnosticadas no Centro de Especialidades Odontológicas de Tubarão (SC). Rev. Sul-Brasileira Odontol. 2011; 8(1):13-8.
14. Neto BD, Medrado AP, Reis SRA. Levantamento epidemiológico dos diagnósticos histopatológicos de um centro de referência em patologia
bucomaxilofacial em um período de 10 anos. Rev. Bahiana Odontol. 2012; 3(1):3-15.
15. Pereira TTM, Jardim ECG, Castillo KA, Paes GB, Barros RMG. Levantamento Epidemiológico das Doenças de Boca: Casuística de Dez Anos. Arch Health Invest. 2013; 2(1):15-20.
16. Volkweis MR, Garcia R, Pacheco CA. Estudo retrospectivo sobre as lesões bucais na população atendida em um Centro de Especialidades
Odontológicas. Rev. Gaúcha Odontol. 2010; 58(1):21-5.
Publicado
2016-06-14
Como Citar
Barbosa, N. R. de A., Cruz, A. F., de Lacerda, J. C. T., & Resende, R. G. (2016). Análise do perfil de encaminhamentos realizados pela Atenção Básica/Saúde da Família do município de Belo Horizonte ao serviço de Estomatologia do Hospital Municipal Odilon Behrens. Arquivos Em Odontologia, 51(2). Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/arquivosemodontologia/article/view/3680
Seção
Artigos