QUANTIFICAÇÃO DA GEODIVERSIDADE E AVALIAÇÃO DA DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIBEIRÃO DO SILVA

  • Patrícia Pascoal Goulart IGC/UFMG

Resumo

O termo Geodiversidade tem sido empregado na referência ao meio físico, abrangendo os elementos abióticos como rochas, formas de relevo, solos e rio. Esses elementos, quando combinados com a biodiversidade, configuram ambientes físicos que permitem uma análise quantitativa espacial. A pesquisa de geodiversidade e avaliação da distribuição espacial na bacia do Silva foi desenvolvida através do modo indireto, utilizando uma vigorosa base de dados geográficos e programas computacionais de análise espacial e estatística, que permitiram alcançar um índice de riqueza dos elementos abióticos. As diferentes categorias dos índices de geodiversidade foram agrupadas, respeitando a homogeneidade entre as classes, através do algoritmo “K-means”. Os resultados obtidos foram grupos homogêneos com similaridade entre a quantidade de ocorrência das variáveis, que podem fundamentar as tomadas de decisão para a geoconservação.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-05-11
Seção
Artigos