Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • Declaro que li e tenho conhecimento das normas de submissão e publicação e que o não atendimento a qualquer item das normas acarretará na interrupção imediata do processo de avaliação e respectiva rejeição da submissão.

Diretrizes para Autores

PASSOS DA TRAMITAÇÃO

1. Manuscrito é elaborado no template da revista (sem identificação da revista): https://periodicos.ufmg.br/index.php/edrevista/templates

2. Manuscrito é depositado no repositório de preprints : https://preprints.scielo.org/

Aguarda-se até a homologação do manuscrito no repositório e designação de DOI

3. Manuscrito é submetido ao sistema de submissão da revista: https://periodicos.ufmg.br/index.php/edrevista/about/submissions (anexar o Formulário sobre conformidade com a Ciência Aberta).

4. Manuscrito é avaliado quanto aos critérios editoriais.

5. Caso aprovado na avaliação técnica inicial, segue para avaliação simples-cega de pares.

6. Caso aprovado na avaliação por pares, é publicado. Caso reprovado, é devolvido e pode ser apresentado em outro periódico que utilize repositório preprint.

ESCOPO E POLÍTICA

 Educação em Revista é um periódico eletrônico de acesso aberto, publicação contínua, que tem como objetivo divulgar a produção científica inédita e relevante desenvolvida na área da Educação.

Os manuscritos podem ser apresentados em Português, em Inglês e em Espanhol. Recomenda-se que os artigos aprovados sejam traduzidos para a língua inglesa como parte do processo de internacionalização do periódico.

A revista encontra-se organizada em cinco seções:

Artigos: Reúne manuscritos inéditos que apresentem resultados de pesquisa empírica ou teórica ou revisão crítica sistemática e integrativa da produção científica e acadêmica na área.

Resenhas: Reúne manuscritos que apresentem leitura crítica de obras relevantes para a área educacional que tenham sido publicadas nos últimos 2 anos.

Palavra aberta: Reúne artigos de opinião sobre temas atuais de repercussão na área educacional.

Entrevistas: Reúne entrevistas inédita que apresentem contribuições relevantes para o campo educacional.

Dossiê: Reúne conjunto de artigos que abordam uma temática específica, concebido a partir de proposta recebida da comunidade acadêmica ou de chamada realizada pelos(as) editores(as).

Educação em Revista valoriza a originalidade dos manuscritos submetidos, sua importância para os(as) pesquisadores(as) da área de Educação, o rigor teórico-metodológico, a qualidade e a relevância das evidências que apoiam o argumento desenvolvido pelos/as autores/as.

Como prática de valorização da ciência aberta, a revista adotará, a partir de 15 de janeiro de 2021, a submissão de manuscritos que estejam previamente depositados no servidor de preprint da Scielo, disponível em https://preprints.scielo.org/ .            

Os manuscritos submetidos em Educação em Revista e que estejam previamente depositados no servidor preprint da Scielo, serão avaliados pela Comissão Editorial, que verifica a sua pertinência ao escopo da revista e à respectiva seção proposta, e os submete a um programa de verificação de plágio e autoplágio.

Política de adesão e promoção da ética na comunicação científica

Educação em Revista possui compromisso com a observância das boas práticas de ética na gestão dos manuscritos, que envolve editores, pareceristas e autores. Os autores devem adotar como referência em seus manuscritos o “Guia Scielo de Boas Práticas para o Fortalecimento da Ética na Publicação Científica” e os “Princípios de Transparência e Boas Práticas em Publicações Acadêmicas” recomendados pelo Committee on Publication Ethics (Comitê de Ética em Publicações-COPE), o Directory of Open Access Journals (Diretório de Revistas de Acesso Aberto-DOAJ), a Open Access Scholarly Publishers Association (Associação de Editores Acadêmicos de Acesso Aberto-OASPA) e a World Association of Medical Editors (Associação Mundial de Editores Médicos-WAME).

No que diz respeito à verificação de plágio e autoplagio pelo software, todos os artigos que ultrapassarem 25% de plágio, incluindo a autocitação, serão analisados pela equipe editorial, que solicitará posicionamento dos autores, caso necessário, e apresentará posicionamento final.

A publicação de artigo que traz resultados de pesquisa envolvendo seres humanos e realizadas no Brasil deve ser amparada por aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa (Coep), conforme Resolução CNS Nº 466, de 12 de dezembro de 2012 (Ética na Pesquisa com seres humanos); e a Resolução CNS Nº 510, de 7 de abril de 2016 (Ética na Pesquisa em Ciências Humanas e Sociais). Manuscritos de autores(as) estrangeiros(as) devem seguir as normas éticas do seu país de origem. Estas informações devem ser mencionadas no corpo do manuscrito.

A falsificação ou fabricação de resultados será considerada má conduta grave. Caso haja dúvidas quanto aos resultados da pesquisa apresentada no manuscrito, poderá ser solicitado os dados comprobatórios da metodologia de pesquisa.

Educação em Revista recebe as comunicações de suspeita sobre má conduta em manuscritos publicados por meio do seu email institucional: revista@fae.ufmg.br. Para a análise da má conduta segue-se os diagramas de fluxo do COPE . Caso seja necessária a retratação, Educação em Revista segue o Guia de Retratação Scielo. O manuscrito permanece na base de dados na condição de retratado.

De acordo com as novas práticas de ciência aberta, deverá ser submetido, anexo ao manuscrito, o Formulário sobre conformidade com a Ciência Aberta, que será consultado em todas as etapas de validação e avaliação da submissão. Nesse formulário, os autores são solicitados a informar: (a) se o manuscrito é um preprint e, em caso positivo, sua localização; (b) se dados, códigos de programas e outros materiais subjacentes ao texto do manuscrito estão devidamente citados e referenciados; e, (c) se aceitam opções de abertura no processo de avaliação por pares.

Manuscritos com mais de um autor devem apresentar a contribuição específica de cada um no processo de escrita. A revista atua em consonância com a CRedit (Contributor Roles Taxonomy) que é mantido pelo Consortia for Advancing Standards in Research Administration Information (CASRAI). O CRediT considera 14 diferentes papéis de autoria ou contribuição: Administração do Projeto, Análise Formal, Conceituação, Curadoria de Dados, Escrita – Primeira versão, Revisão e Edição - , Investigação, Metodologia, Obtenção de Financiamento, Recursos, Software, Supervisão, Validação e Visualização. Cada autor(a) deverá apresentar, no formulário específico, qual(is) a(s)sua(s) contribuição(ões) na escrita do manuscrito.

Não será aceita inclusão posterior de autores/as após a submissão do manuscrito.

Processo de avaliação do manuscrito

Aqueles manuscritos que responderem aos critérios editoriais serão encaminhados para a avaliação do tipo simples-cega realizada pelos pares. Os(as) avaliadores(as) devem possuir o título de doutor(a) e são vinculados a alguma instituição científica nacional ou internacional. Os nomes dos(as) pareceristas permanecerão em sigilo durante todo o processo de avaliação. A revista publicará anualmente os nomes de seu corpo de pareceristas ad hoc.

Caso haja controvérsias quanto à avaliação, os editores submeterão o manuscrito a outros avaliadores de maneira a se obter a maioria de uma decisão final. Os/as autores/as são informados sobre todo o processo de avaliação.

Os manuscritos que estiverem fora dos critérios editoriais da Revista são devolvidos aos autores(as). Encontram-se nesse grupo textos que não abordem uma problemática central da área educacional; não apresentem contribuições relevantes para a análise da temática abordada. No caso específico de artigos, serão rejeitados, também, os manuscritos que: sejam meramente descritivos, sem desenvolver uma análise teórica e metodológica da questão abordada; sejam relatos de experiência; não apresentem elementos empíricos ou argumentações suficientemente desenvolvidas que fundamentem as suas análises e conclusões.

A Comissão Editorial pode vir a publicar artigo produzido a convite, com o intuito de contribuir com algum debate mais premente da área. Esse artigo será objeto de avaliação apenas pela Comissão Editorial.

  NORMAS EDITORIAIS PARA SUBMISSÃO – GERAL

Ao iniciar o processo de submissão do manuscrito, os(as) autores(as) devem verificar a sua conformidade aos itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas, serão devolvidas.

  1. O manuscrito deve ser dirigido para uma das seções: Artigo, Resenha, Palavra Aberta, Entrevista ou Dossiê. Deve ser submetido exclusivamente na formatação do template disponível no link https://periodicos.ufmg.br/index.php/edrevista/templatese enviado pelo sistema online https://periodicos.ufmg.br/index.php/edrevista/about/submissions)
  2. Exige-se, para a submissão, que pelo menos um(a) dos(as) autores(as) tenha o título de doutor.
  3. Não serão aceitas propostas submetidas simultaneamente a outro periódico nacional ou internacional.
  4. Será observado o intervalo de um ano e meio entre a publicação de um texto escrito por um autor e o início de um novo processo de submissão pelo mesmo.
  5. O manuscrito deverá seguir as normas recentes da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) (https://www.normasabnt.org/citacoes/) ou da American Psychological Association (APA).
  6. Em todos os casos, o título deve ter, no máximo, 15 palavras, devendo ser apresentado em Português, Inglês e Espanhol.
  7. Apenas para submissão de artigo e palavra-aberta: Apresentar resumo contendo entre 150 e 250 palavras em Português, Inglês e Espanhol, seguido de, no mínimo três e no máximo cinco palavras-chave, que também devem estar nos três idiomas. Os resumos em língua estrangeira devem estar elaborados em consonância com as respectivas normas gramaticais; traduções automáticas não serão consideradas.
  8. Para cada seção, o manuscrito deverá conter:

Artigo:  entre 6.000 e 12.500 palavras.

Resenha:  entre 1.500 e 3.000 palavras;

Palavra aberta:  entre 3.000 e 5.000 palavras;

Entrevista:  entre 3.000 e 5.000 palavras.

  1. Todos(as) os(as) autores (as) do manuscrito devem ser nomeados(as) e vinculados(as) ao artigo exclusivamente no campo indicado no sistema de submissão, sendo obrigatório informar o ORCID, bem como o resumo da biografia, endereço postal, telefone e a filiação institucional, ainda que o sistema de submissão não apresente o sinal de obrigatoriedade. https://periodicos.ufmg.br/index.php/edrevista/user/profile
  2. As figuras (fotos, desenhos e mapas), quadros, gráficos devem ser coloridos (quando for o caso), ter resolução mínima de 300 dpi e formato JPG ou PNG, incorporadas ao manuscrito.
  3. Trabalhos publicados em anais de conferências podem ser aceitos, se o manuscrito for modificado para oferecer uma proporção significativa de elementos sem precedentes que justifiquem uma nova publicação. É obrigatória a informação de publicação de versão preliminar em eventos, com a indicação do link do artigo no campo “comentários para o editor” do sistema de submissão, caso se aplique.
  4. A publicação de artigo que traz resultados de pesquisa envolvendo seres humanos e realizadas no Brasil deve ser amparada por aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa (Coep). Artigos de autores(as) estrangeiros(as) devem seguir as normas éticas do seu país de origem.
  5. É desejável a indicação de ao menos dois avaliadores e seus respectivos endereços eletrônicos.
  6. Conceitos e opiniões expressas no manuscrito, assim como a exatidão e a procedência das citações são de responsabilidade exclusiva do autor.
  7. Em caso de aprovação, o manuscrito deverá ser submetido à revisão de linguagem e normalização bibliográfica, cuja responsabilidade será exclusivamente do(a) autor(a). A Revista poderá indicar profissionais cadastrados(as) que realizam o trabalho, caso necessário. Casos excepcionais serão avaliados pela comissão editorial.
  8. A versão final, revisada, deverá ser enviada na formatação do template, com as informações completas dos(as) autores(as), vínculo institucional e financiamento.

 

NORMAS EDITORIAIS APENAS PARA SUBMISSÃO DE DOSSIÊS

  1. As propostas de dossiê temático poderão ser apresentadas por iniciativa da comissão editorial, que deverá lançar edital específico contendo as normas para sua elaboração, ou podem ser apresentadas por iniciativa da comunidade acadêmica, de acordo com as normas abaixo especificadas.
  2. As propostas de dossiê deverão ser encaminhadas por email (revista@fae.ufmg.br) à Comissão Editorial que tem o papel de analisá-las de acordo com o escopo e política da revista e emitirá um parecer em até dois meses.
  3. As propostas de dossiê devem conter as seguintes informações:

- Título.

- Nome e currículo resumido do(s) organizador(es).

- Ementa e breve justificativa sobre o tema proposto.

- Estrutura do dossiê, contendo:

*Lista com títulos e resumos dos artigos que comporão o dossiê. Os resumos deverão conter: apresentação do problema, procedimentos de pesquisa, principais resultados e principais referências.

*Nome e currículo resumido dos autores dos artigos que comporão o dossiê.

  1. Não serão aceitas propostas cujos temas já tenham sido publicados em outros dossiês da revista nos últimos cinco anos, salvo justificativa teórica ou de outra natureza, a ser avaliada pela Comissão Editorial.
  2. A proposta deve conter no mínimo 6 e no máximo 8 artigos de pesquisadores(as) vinculados(as) a diferentes instituições nacionais e internacionais. Pelo menos 2 desses artigos devem necessariamente ser de autores(as) estrangeiros(as).
  3. Não serão aceitas propostas de Dossiê com mais de um autor(a) e/ou organizador(a) da mesma instituição.
  4. A proposta deve se adequar à política editorial de Educação em Revista, especialmente em relação à sua contribuição para o avanço do conhecimento no campo educacional.
  5. Deve haver clareza, coerência e organicidade dos artigos em relação à proposta como unidade temática.
  6. Caso a proposta seja aprovada, os autores deverão formatar os artigos no template disponível no link e submetê-los por meio do sistema de submissão da revista, indicando a Sessão – Dossiê – para publicação (http://submission.scielo.br/index.php/edur/login), de acordo com os prazos definidos pela Comissão Editorial.
  7. O dossiê deve ser composto somente por artigos.
  8. Os artigos que compõem o dossiê deverão cumprir as mesmas normas editorias previstas para a submissão via demanda contínua.
  9. Os artigos submetidos serão avaliados pela Comissão Editorial segundo as mesmas regras e procedimentos adotados pela revista para os artigos de demanda contínua.
  10. A Comissão Editorial poderá solicitar alterações e/ou exclusões de artigos do dossiê.
  11. Os organizadores deverão acompanhar a produção editorial do dossiê durante todas as etapas, atuando como intermediários entre os editores e os autores dos artigos para resolver questões relacionadas à revisão sugerida pelos pareceres externos, à revisão de linguagem e normalização bibliográfica, à sua edição e outras demandas que porventura surgirem relacionadas à produção do dossiê.
  12. Os organizadores deverão manter o sigilo durante todo o processo de avaliação pelos pares, conforme regras de avaliação cega da revista, bem como assegurar o cumprimento dos prazos durante o processo de avaliação e de editoração.
  13. Os organizadores ficarão encarregados de preparar um texto de apresentação do dossiê, que comporá o editorial do número.
  14. Os organizadores deverão produzir um pequeno texto de divulgação para redes sociais sobre o dossiê.
  15. Os organizadores e os autores não serão remunerados pela revista.

 

DECLARAÇÃO DE DIREITO AUTORAL

Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons do tipo atribuição BY. Esta licença permite que outros distribuam, remixem, adaptem e criem a partir do trabalho publicado na Educação em Revista, mesmo para fins comerciais, desde que lhe atribuam o devido crédito pela criação original. Caso o autor seja o responsável pela remixagem e/ou adaptação, ele deverá enviar mensagem à editoria da Educação em Revista informando tal situação, com a comprovação da atribuição de crédito da publicação original.

POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

POLÍTICA DE PRESERVAÇÃO DE ARTIGOS

A política de preservação de arquivos digitais da revista Educação em Revista pressupõe a disponibilização dos artigos novos e de números anteriores no formato pdf e em outros formatos, quando possível, nas bases de indexadores às quais fazemos parte, como SciELO e Redalyc.

Além disso, todos os textos publicados são autoarquivados no Portal Periodicos da UFMG, disponível em https://periodicos.ufmg.br/index.php/edrevista, que possui sistema de backup institucional, bem como backup local, com vistas à máxima preservação de dados.

Artigos

Manuscrito inédito que apresente: 1) resultados de pesquisa empírica ou teórica, 2) revisão crítica sistemática e integrativa da produção científica e acadêmica na área. Deve ter entre 6.000 e 12.500 palavras.

Fazer uma nova submissão para a seção Artigos.

Palavra Aberta

Artigo de opinião sobre temas atuais de repercussão na área educacional. Deve ter entre 3.000 e 5.000 palavras.

Fazer uma nova submissão para a seção Palavra Aberta.

Resenha

Manuscrito que apresente leitura crítica de obras relevantes para a área educacional que tenham sido publicadas nos 3 (três) últimos anos. Deve ter entre 1.500 e 3.000 palavras.

Fazer uma nova submissão para a seção Resenha.

Entrevista

Entrevista inédita que apresente contribuições relevantes para o campo educacional. Deve ter entre 3.000 e 5.000 palavras.

Fazer uma nova submissão para a seção Entrevista.

Dossiê temático:

Reunião de artigos inéditos sobre uma mesma temática. Organizado por meio de chamada pública, deverá conter apresentação elaborada por um coordenador, que articule a diversidade de olhares sobre o tema.

Fazer uma nova submissão para a seção Dossiê temático: .

Declaração de Direito Autoral

Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons do tipo atribuição BY. Esta licença permite que outros distribuam, remixem, adaptem e criem a partir do trabalho publicado na Educação em Revista, mesmo para fins comerciais, desde que lhe atribuam o devido crédito pela criação original. Caso o autor seja o responsável pela remixagem e/ou adaptação, ele deverá enviar mensagem à editoria da Educação em Revista informando tal situação, com a comprovação da atribuição de crédito da publicação original.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

Artigos

Manuscrito inédito que apresente: 1) resultados de pesquisa empírica ou teórica, 2) revisão crítica sistemática e integrativa da produção científica e acadêmica na área. Deve ter entre 6.000 e 12.500 palavras.

Palavra Aberta

Artigo de opinião sobre temas atuais de repercussão na área educacional. Deve ter entre 3.000 e 5.000 palavras.

Resenha

Manuscrito que apresente leitura crítica de obras relevantes para a área educacional que tenham sido publicadas nos 3 (três) últimos anos. Deve ter entre 1.500 e 3.000 palavras.

Dossiê temático: Alfabetização e Letramento no Campo Educacional

Reunião de artigos inéditos sobre uma mesma temática. Organizado por meio de chamada pública, deverá conter apresentação elaborada por um coordenador, que articule a diversidade de olhares sobre o tema.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.