Representação lógica do conhecimento para ontologias

Um guia para formalização de definições em linguagem natural para lógica descritiva

Autores

  • Guilherme Noronha UFMG

Palavras-chave:

lógica descritiva, ontologia aplicada, ciência da informação, formalização do conhecimento

Resumo

Ontologias são artefatos usados por profissionais da Ciência da Informação para fins de representação em contextos digitais. Esses artefatos têm se destacado por sua capacidade de representação, de relacionar as entidades e serem processáveis por computadores por meio de lógica descritiva. No entanto, ainda são poucas as ontologias desenvolvidas por pesquisadores da Ciência da Informação que fazem uso da lógica descritiva. Nesse contexto, o presente artigo tem como objetivo familiarizar o profissional da Ciência da Informação com o uso da lógica. Para isso é apresentado os conceitos da lógica descritiva, usada em ontologias, e como elas atuam nos modelos de representação do conhecimento para validação do modelo e geração de conhecimento novo. Como contribuições o presente artigo apresenta um modelo para formalizar a linguagem natural em lógica e apresenta dez orientações de boas práticas para incorporação da lógica em ontologias. Por fim sugere-se a integração dessas orientações numa metodologia de construção de ontologias para consolidar o uso de lógica dentro do contexto da ontologia aplicada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-09-01 — Atualizado em 2021-09-30

Versões