A expansão metropolitana de Belo Horizonte

dinâmica e especificidades no eixo-sul

Autores

  • Heloisa Soares de Moura Costa Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-549X..13200

Resumo

O Projeto Eixo-Sul teve início em junho de 2002 e estará concluído no segundo semestre de 2006, tendo contado com financiamentos da Pró-Reitoria de Pesquisa da UFMG, do CNPq e da FAPEMIG. Em linhas gerais, pode ser considerado bastante bem sucedido em dois aspectos: a) tem propiciado uma reflexão importante sobre a dinâmica metropolitana recente, em particular no que se refere tanto aos processos de expansão urbana quanto às tentativas de regulação de tais processos nos campos urbano e ambiental; b) tem possibilitado a articulação de professores, pesquisadores e alunos de pós-graduação e graduação de diferentes cursos e unidades da UFMG e fora dela, consolidando a pesquisa em caráter interdisciplinar e permanente em torno dos estudos urbanos e regionais. O projeto de pesquisa envolve onze professores pesquisadores de Programas de Pós-graduação (Geografia, Demografia, Economia e Arquitetura e Urbanismo da UFMG e Ciências Sociais da PUC-Minas), da FAFICH/UFMG, um professor visitante (CSU, Chico, CA), além de alunos de graduação e pós-graduação. (...)

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Heloisa Soares de Moura Costa, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Heloisa Soares de Moura Costa é coordenadora do Projeto Eixo-Sul.

Downloads

Publicado

2006-07-01

Como Citar

Costa, H. S. de M. (2006). A expansão metropolitana de Belo Horizonte: dinâmica e especificidades no eixo-sul. Revista Geografias, 115–117. https://doi.org/10.35699/2237-549X.13200

Edição

Seção

Resenhas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)