Teores totais e distribuição dos metais pesados Cu, Cd, Cr, Ni, Pb e Zn nos sedimentos de corrente e fundo do rio do Formoso – MG

Autores

  • Hernando Baggio Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES)
  • Adolf Heinrich Horn Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-549X..13286

Palavras-chave:

Metais pesados, Sedimentos, Natural, Antrópico, Valores orientadores

Resumo

O Rio do Formoso é um importante tributário do Rio São Francisco no noroeste do estado de Minas Gerais. Sua bacia encontra-se inserida no Bioma Cerrado, suas águas drenam imensos latifúndios com forte tendência agropecuária, influenciando diretamente nas características físico-químicas e químicas da água superficial e do sedimento de corrente e fundo. Foram coletadas 11 amostras de sedimentos, nos quais foram determinadas as concentrações de Cu, Cd, Cr, Ni, Pb, Zn por ICP-OES, com, extração parcial ácida. Os resultados foram comparados à resolução CONAMA 344/2004. A caracterização mineral foi obtida por difratometria de Raios-X - DXR e, a composição geoquímica dos litotipos foi determinada por ICP-OES. Os teores totais dos metais Cd e Cr nos sedimentos ultrapassaram os valores de referência estabelecidos pela Resolução CONAMA 344/2004. A disponibilidade desses metais nos sedimentos é resultado direto dos resíduos metalorgânicos gerados pela agricultura comercial. A assinatura geoquímica para o elemento cromo presente no sedimento confirma a contribuição natural geológica. O mineral predominante é o quartzo, a presença de minerais de argila, sugere uma maior ou menor troca de cátion metálicos do sedimento para a coluna de água.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hernando Baggio, Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES)

Hernando Baggio é Doutor em Geologia.

Adolf Heinrich Horn, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Adolf Heinrich Horn é Doutor em Geologia.

Referências

ALLOWAY, B. J. & AYRES, D. C. Chemical Principles of Environmental Pollution. New York. Ed. Chapman & Hall, 2° Ed. New York. 1997.

BAGGIO, H. F. Contribuições naturais e antropogênicas para a concentração e distribuição de metais pesados em sedimento de corrente na bacia do Rio do Formoso, município de Buritizeiro – MG. Tese (Doutorado em Geologia). Instituto de Geociências - Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG. Belo Horizonte. 2008.

BOWEN, J. M H. Environmental Chemistry of the Elements. London Academies Press, 1979, 273 p. 1979. BRAGA, L. L. Avaliação do Impacto Ambiental de um Beneficiamento de Fe e Si, Várzea da Palma, MG, Brasil – Distribuição e Transporte dos Contaminantes. 81 p. Dissertação (Mestrado em Geologia). Instituto de Geociências - Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG. Belo Horizonte. 2007.

CETEC – Fundação Centro Tecnológico de Minas Gerais. Estudo de Metais Pesados no Estado de Minas Gerais. Relatório Final. Belo Horizonte. 151 p. 1980

CONAMA, 2004. Conselho Nacional do Meio Ambiente - Resolução CONAMA nº 344, de 25 de março de 2004. Disponível em http://www.mma.gov.br/ conama.

KRAUSKOPF, K, B. Introduction to geochemistry. New York, McGraw-Hill. 721 p. 1976.

LUNDHAMER, S.. Erfassung der Kontamination an Metallen im Flusswasser des São Francisco bei Três Marias, Brasilien.. Tese de Diploma, Fachhochschule München, inédito: 74 p. 1991.

MOZETO, A. A. Diagnóstico Preliminar de Contaminação Ambiental por Metais na Área de Influência da VM na Bacia do Rio São Francisco, Região de Três Marias (MG). Laboratório de Biogeoquímica Ambiental – DQ – UFSCar/ São Carlos, SP. 2003.

MUNSELL SOIL COLOR CHARTS. Little Britain Road, New Windsor, NY. Washable Edition New York. 2000.

OLIVEIRA, R. M. Investigação da Contaminação por Metais Pesados da Água e do Sedimento de Corrente nas Margens do Rio São Francisco e Tributários, a Jusante da CEMIG, no Município de Três Marias-MG. 149 p. Dissertação (Doutorado em Geologia). Instituto de Geociências - Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG. Belo Horizonte. 2007.

RIBEIRO, E. V. Níveis de contaminação por metais pesados em águas superficiais do Rio São Francisco em Pirapora e sua relação com as atividades industriais. 101 p. (Monografia) - Departamento de Geografia. Universidade Estadual de Montes Claros – UNIMONTES. Minas Gerais. 2007.

SEER, H. J.; MORAES, L. C. DE; FOGAÇA, A. C. C. Roteiro Geológico para a Região de Lagoa FormosaChumbo-Carmo do ParaíbaMG. 58 p. (Boletim SBG-MG, n°. 9). 1989.

SGARBI, G. N. C. Geologia da Formação Areado, Cretáceo Médio a Inferior da Bacia do São Francisco, oeste do Estado de Minas Gerais. 324 p. Dissertação (Mestrado) - Inst. de Geociências, Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Rio de Janeiro. 1989.

VIANA, V. M. F. C. Estudo Geológico Ambiental das Veredas do Rio do Formoso no Município de BuritizeiroMG. 71 p. Dissertação (Mestrado em Geologia)- Instituto de Geociências – Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG. Belo Horizonte. 2006.

Downloads

Publicado

2010-07-01

Como Citar

Baggio, H., & Horn, A. H. (2010). Teores totais e distribuição dos metais pesados Cu, Cd, Cr, Ni, Pb e Zn nos sedimentos de corrente e fundo do rio do Formoso – MG. Revista Geografias, 107–117. https://doi.org/10.35699/2237-549X.13286

Edição

Seção

Artigos