Conflitos na delimitação territorial do Bioma Mata Atlântica

  • Marília Steinberger Universidade de Brasília
  • Rafael Jacques Rodrigues Ministério do Meio Ambiente
Palavras-chave: Mata Atlântica, Território, Poder

Resumo

Este artigo analisa a tramitação da Lei da Mata Atlântica no Congresso Nacional Brasileiro e sua regulamentação (1992-2008) para identificar as relações de poder entre os atores que participaram do jogo parlamentar e os interesses que prevaleceram na delimitação do bioma. Embora a delimitação territorial mais abrangente – defendida por ambientalistas – tenha predominado, permanecem os múltiplos interesses antagônicos de diferentes agentes sociais sobre o uso desse território.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marília Steinberger, Universidade de Brasília
Professora de Geografia Política do GEA/UnB e pesquisadora do CNPq. Doutora em Planejamento Urbano e Ambiental – USP.
Rafael Jacques Rodrigues, Ministério do Meio Ambiente
Analista Ambiental do Ministério do Meio Ambiente. Mestre em Geografia – UFMG.
Publicado
2010-12-01
Seção
Artigos