A produção e a comercialização de alimentos orgânicos e agroecológicos no município de Canguçu, estado do Rio Grande do Sul, Brasil

a perspectiva dos produtores

Autores

  • Éder Jardel da Silva Dutra Universidade Federal do Rio Grande - FURG
  • Jussara Mantelli Universidade Federal do Rio Grande - FURG

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-549X%20.2017.16055

Palavras-chave:

Canguçu, alimentos, produção orgânica, agroecologia

Resumo

O presente artigo destaca a produção e a comercialização de alimentos orgânicos e agroecológicos, no município de Canguçu, focando a perspectiva dos produtores, que vendem sua produção nas feiras da União das Associações Comunitárias do Interior de Canguçu (Unaic) e Associação Regional dos Produtores Agroecologistas da Região Sul (Arpa Sul).  Os produtores passam a propor um modelo de produção, em que o respeito aos tempos e elementos da natureza são fundamentais. Os referidos produtores comercializam alimentos em feiras públicas, com periodicidade semanal, e ainda fornecem produtos para a merenda escolar, dentro do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). A produção e a comercialização de alimentos orgânicos e agroecológicos é uma oportunidade que as famílias têm de permanecerem no campo gerando renda. Também é a possibilidade de mostrar a viabilidade da produção isenta de agroquímicos, com satisfatórios índices de produtividade e reconhecimento pelos consumidores.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALTIERI, M. Agroecologia: a dinâmica produtiva da agricultura sustentável. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2004.

ALVES MAZZOTI, A.J; GEWANDSZNAJDER, F. O método nas ciências naturais e sociais: pesquisa quantitativa e qualitativa. São Paulo: Pioneira, 1999

ASSIS, R.L; ROMEIRO, A.R. Agroecologia e agricultura orgânica: controvérsias e tendências. Revista do Programa de Pós Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento, n. 6, p. 67-80, jul./dez. 2002. Editora UFPR. Disponível em:<http://revistas.ufpr.br/made/article/view/22129>Acesso em: 07 de outubro de 2016.

AUBERT, C. Agricultura orgânica. In: Agricultura Alternativa: Homem natureza namorando a terra. Anais do II Encontro Brasileiro de Agricultura Alternativa.1985. (21-45).

CAMPANHOLA, C; VALARINI, P.J. Agricultura orgânica e seu potencial para o pequeno produtor. Cadernos de Ciência & Tecnologia, Brasília, v.18, n.3, p.69-101, set./dez. 2001. Disponível em: <http://ciorganicos.com.br/wp-content/

uploads/2013/09/8851-29343-1-PB.pdf>. Acesso em: 06 de Outubro de 2016.

CAPORAL, F.R; COSTABEBER, J.A. A agroecologia e desenvolvimento rural sustentável: perspectivas para uma nova extensão rural. In: ETGES, V.E. Desenvolvimento rural: potencialidades em questão. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2001. (19-52).

CARMO, M.S. A produção familiar como lócus ideal da agricultura sustentável. In: FERREIRA, A.D. D; BRANDENBURG, A. Para pensar outra agricultura. Curitiba: Editora da UFPR, 1998. (215-238).

CICCONETO, J; VERDUM, R. Agricultura familiar ecológica em Canguçu: trajetórias e perspectivas. REDES - Rev. Des. Regional, Santa Cruz do Sul, v. 17, n. 3, p. 99 - 121 set/dez 2012. Disponível em: <https://online.unisc.br/seer/index.php/

redes/article/view/2059>. Acesso em 07 de outubro de 2016.

COÊLHO, J.D. Feiras livres de Cascavel e de Ocara: caracterização analise da renda e das formas de governança dos feirantes, (2008). Dissertação de Mestrado em Economia Rural. Universidade Federal do Ceara, Fortaleza. (152 fls).

DESLAURIERS, J.P; KÉRISIT, M. O delineamento da pesquisa qualitativa.In: POUPART, J. A pesquisa qualitativa: enfoques epistemológicos. Petrópolis: Vozes, 2008. (127-153).

EHLERS, E. Agricultura sustentável: Origens e perspectivas de um novo paradigma. Guaíba: Livraria e Editora Agropecuária LTDA, 1999.

GERHARDT, T.E; SILVEIRA, D.T. Métodos de Pesquisa. Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Universidade Aberta do Brasil (UAB). Curso de Graduação Tecnológica. Planejamento e Gestão para o Desenvolvimento Rural.

Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009. Disponível em: <http://www.ufrgs.br/cursopgdr/downloadsSerie/derad005.pdf>. Acesso em: 09 de Janeiro de 2017. (1-120).

GLIESSMAN, S.R. Agroecología: processos ecológicos en agricultura sostenible. Turrialba: Litocat, 2002.

GUADARRAMA-ZUGASTI, C; TRUJILLO-ORTEGA, L; RAMÍREZMIRANDA, C. Agroecología y desarollo rural en Mexico: Bases agroecológicas, sistemas sostenibles y soberania alimentaria. In: BALESTRO, M.V; SAUER, S. Agroecologia e os desafios da transição agroecológica. São Paulo: Expressão Popular, 2013. (99-136).

HECHT, S.B. La evolución del pensamiento agroecológico. In: ALTIERI, M.A.Agroecologia: Bases científicas para una agricultura sustentable. Montevideo: Editorial Nordam- Comunidad, 1999. (15-30).

LENZI, A. Fundamentos do pastoreio racional Voisin. Revista Brasileira de Agroecologia. V.7, n.1 (2002). Disponível em: <http://orgprints.org/22958/1/Lenzi_Fundamentos.pdf.> Acesso em: 27 de Agosto de 2016. (83-94).

MACHADO, L.C.P; MACHADO FILHO, L.C.P. A dialética da agroecologia: contribuição para um mundo com alimentos sem veneno. São Paulo: Expressão Popular, 2014.

MARCONI, M.A; LAKATOS, E.M. Técnicas de pesquisa: Planejamento e execução de pesquisas; amostragem e técnicas de pesquisa; Elaboração, análise e interpretação de dados. São Paulo: Atlas, 1990.

MENDES, R.J. Feira livre e segurança alimentar: um estudo de caso de Santa Maria de Itabira. In: Theodoro, S.F; DUARTE, L.G; VIANA, J.N. Agroecologia: um novo caminho para a extensão rural sustentável. Rio de Janeiro: Garamond, 2009. (117-133).

RUDIO, F.V. Introdução ao projeto de pesquisa científica. Petrópolis: Vozes, 2007

SARAIVA, F.E.B. Produção orgânica de alimentos: diagnóstico e perspectivas do arranjo produtivo no município de Pedro Leopoldo (MG). In: Theodoro, S.F; DUARTE, L.G; SCHMITT, C.J. Transição agroecológica e desenvolvimento rural: um olhar a partir da experiência brasileira. In: BALESTRO, M.V; SAUER, S. Agroecologia e os desafios da transição agroecológica. São Paulo: Expressão Popular, 2013. (p. 173-198).

SEVILLA GUZMÁN, E. Sobre los orígenes de la agroecología en el pensamiento marxista y libertario. La Paz: Plural editores, 2011.

SIMÃO, G.L; SILVA, E.A; SILVEIRA, S.F.R. Grau de Cobertura do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) Junto aos Agricultores Familiares do Estado de Minas Gerais. Revista de Economia e Sociologia Rural, Piracicaba-SP, Vol.

, Nº 03, p. 533-548, Jul/Set 2014. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/resr/v52n3/a07v52n3.pdf>. Acesso em: 21 de Setembro de 2016.

SOSA, B.M; JAIME, A.M.R; LOZANO, D.R.A; ROSSET, P.M. Revolução agroecológica: o movimento camponês a camponês da ANAP em Cuba. São Paulo: Expressão Popular, 2013.

THEODORO, S.H; DUARTE, L.G; ROCHA, E.L. Incorporação dos princípios agroecológicos pela extensão rural brasileira: um caminho possível para alcançar o desenvolvimento sustentável. In: Theodoro, S.F; DUARTE, L.G; VIANA, J.N. Agroecologia: um novo caminho para a extensão rural sustentável. Rio de Janeiro: Garamond, 2009. (19-35).

Downloads

Publicado

2019-11-15

Como Citar

Dutra, Éder J. da S. ., & Mantelli, J. . (2019). A produção e a comercialização de alimentos orgânicos e agroecológicos no município de Canguçu, estado do Rio Grande do Sul, Brasil: a perspectiva dos produtores. Revista Geografias, 25(2), 8–21. https://doi.org/10.35699/2237-549X .2017.16055

Edição

Seção

Artigos