Ocorrência de intempéries no extremo oeste paulista

Autores

  • Antonio Jaschke Machado Universidade Estadual Paulista - UNESP

Palavras-chave:

Justiça atmosférica, Monção, Fluxos radiativos

Resumo

Este artigo relata uma demanda recebida pelo pesquisador a partir da justiça civil, envolvendo dois episódios em que supostamente haveriam ocorrido danos e prejuízos materiais associados a intempéries. A análise do ciclo diário, com resolução temporal de 5-min, dos fluxos radiativos em ondas curtas e longas, além da temperatura do ar e umidade absoluta observada, traz à luz indícios da ocorrência de frentes de rajada associadas ao desenvolvimento e colapso de sistemas convectivos. Mesmo não se tendo medido o vento, a incorporação do conceito de monção aos registros realizados evidencia a possibilidade da pesquisa em climatologia dos fluxos energéticos subsidiar decisões judiciais, respeitadas as limitações escalares concernentes ao fenômeno.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-08-11

Como Citar

Machado, A. J. (2020). Ocorrência de intempéries no extremo oeste paulista. Revista Geografias, 28(1), 62–76. Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/geografias/article/view/16866

Edição

Seção

Artigos