Patrimônio cultural como categoria de pensamento e categoria de ação: notas sobre o trânsito de práticas e conceitos e um esboço de reflexão sobre a cultura indígena em museus

Autores

  • Carolina Vaz de Carvalho UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS

Resumo

O antropólogo José Reginaldo Santos Gonçalves, em alguns textos reunidos na coletânea Antropologia dos objetos: coleções, museus e patrimônio (GONÇALVES, 2007), propõe o uso de “patrimônio cultural” como uma categoria de pensamento que poderia contribuir para o entendimento da vida social e cultural. Em sua exploração da presença dessa categoria e seus contornos semânticos em sistemas de pensamento e contextos históricos e culturais distintos da tradição ocidental, Gonçalves argumenta pela universalidade de categorias como “patrimônio cultural” e outras intimamente a ela relacionadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-02-10

Como Citar

CARVALHO, C. V. de. Patrimônio cultural como categoria de pensamento e categoria de ação: notas sobre o trânsito de práticas e conceitos e um esboço de reflexão sobre a cultura indígena em museus. Múltiplos Olhares em Ciência da Informação, [S. l.], v. 4, n. 1, 2015. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/moci/article/view/16977. Acesso em: 20 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos