Análise da descrição bibliográfica do inventário da primeira biblioteca pública de São Paulo

Autores

  • Leonardo Gonçalves Silva Colégio São Luís
  • José Fernando Modesto da Silva Departamento de Informação e Cultura da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo

Palavras-chave:

1. Bibliotecas Públicas (São Paulo). 2. Catálogos bibliográficos 3. Inventários. 4. Representação Descritiva

Resumo

OBJETIVO: Analisar as características da descrição bibliográfica do inventário da primeira biblioteca pública de São Paulo. MÉTODO: Análise do inventário. Revisão bibliográfica sobre a história e o desenvolvimento da catalogação e dos catálogos, e sobre o contexto histórico e social da biblioteca pública paulista. RESULTADOS: A análise do inventário da biblioteca pública mostrou que a sua descrição é bastante incompleta, faltando elementos básicos para a correta identificação das obras. Além disso, a descrição possui características peculiares, como o fato de apresentar os títulos sempre traduzidos. CONCLUSÕES: Provavelmente o inventário não foi elaborado com base em regras de descrição bibliográfica já existentes. O seu objetivo era apenas listar o que havia no acervo, sem qualquer intenção de servir para a recuperação da informação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leonardo Gonçalves Silva, Colégio São Luís

Mestrando em Ciência da Informação (ECA-USP). Graduado em Biblioteconomia (ECA-USP).

José Fernando Modesto da Silva, Departamento de Informação e Cultura da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo

Doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo

Downloads

Publicado

2016-06-22

Como Citar

SILVA, L. G.; SILVA, J. F. M. da. Análise da descrição bibliográfica do inventário da primeira biblioteca pública de São Paulo. Múltiplos Olhares em Ciência da Informação, [S. l.], v. 5, n. 1, 2016. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/moci/article/view/16998. Acesso em: 29 set. 2022.

Edição

Seção

Artigos