A produção científica sobre Ischools em programas de pós-graduação em Ciência da Informação no Brasil

Autores

  • Leandro da Conceição Borges Universidade Federal de Minas Gerais https://orcid.org/0000-0003-0222-3040
  • Marlene Oliveira Universidade Federal de Minas Gerais

Palavras-chave:

Ischool, Produção científica, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Biblioteca digital, Repositório digital

Resumo

As information schools, ou simplesmente ischools, tiveram o seu movimento iniciado com reuniões em meados da década de 1990 e foram eficazmente implementadas nos anos 2000, nos Estados Unidos. Com uma forte aderência às tecnologias, à informação e à sociedade, atualmente, as ischools estão representadas em 116 instituições do mundo, como na América Central, Ásia e Europa, em sua maioria. Em menor quantidade, em instituições da América do Sul, África e Oceania. No Brasil, a única ischool está presente na Escola de Comunicações e Artes, da Universidade de São Paulo. Nesse aspecto, visualizando as ischools como um produto da Ciência da Informação, pretende-se com este artigo, a partir de uma pesquisa bibliográfica e descritiva, analisar a produção científica sobre ischools em buscas realizadas em bibliotecas e repositórios digitais de 18 instituições acadêmicas em todas as regiões brasileiras que possuem Programas de Pós-graduação em Ciência da Informação em funcionamento. Os resultados apontaram que o assunto ainda é incipiente em estudos acadêmicos no Brasil, com representatividade em teses e dissertações no Programa de Pós-Graduação em Gestão e Organização do Conhecimento da Universidade Federal de Minas Gerais e em tipologias como livro, artigo, capítulo de livro e trabalho de evento da Universidade de São Paulo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BARRETO, A. de A. Uma história da Ciência da Informação. In. TOUTAIN, L. M. B. B.(org). Para entender a Ciência da Informação. Salvador: EDUFBA, 2007. p. 13-34. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ufba/145/1/Para%20entender%20a%20ciencia%20da%20informacao.pdf. Acesso em: 23 jun. 2021.

FERNANDES, W. R. Desvendando as relações de outras disciplinas com a Ciência da Informação: um estudo comparativo entre a pesquisa nacional e internacional. 2019. Tese (Doutorado em Gestão e Organização do Conhecimento) – Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais, 2019. Disponível em: https://repositorio.ufmg.br/bitstream/1843/31296/1/PPGGestaoOrganizacaoConhecimento_WesleyRodrigoFernandes_TeseDOUTORADO.pdf. Acesso em: 17 jun. 2021.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GOMES, M. R. G. Expansão das fronteiras da educação na Ciência da Informação: a formação de profissionais para atuação no contexto dos dados de pesquisa. 2019. Tese (Doutorado em Gestão e Organização do Conhecimento) – Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais, 2019. Disponível em: https://repositorio.ufmg.br/bitstream/1843/31349/1/Tese%20-%20Vers%c3%a3o%20Final.pdf. Acesso em: 17 jun. 2021.

GOMES FILHO, A. C.; DAMASIO, E.; MIRANDA, P. C. de. O domínio da Ciência da Informação: problemas na conceitualização e na formação de consenso. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE BIBLIOTECONOMIA, DOCUMENTAÇÃO E CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 9. 2000, Porto Alegre. Anais eletrônicos [...] Porto Alegre: CBBD, 2000. Disponível em: http://eprints.rclis.org/6409/1/cbbd1.pdf. Acesso em: 23 jun. 2021.

HJORLAND, B. Library and Information Science (LIS), Part 1. Knowledge Organization, v. 45, n. 3, p. 232–254, 2018. Disponível em: https://ischools.org/iConference-2008-Summary. Acesso em: 20 jun. 2021.

KELLEY, P. A dean looks back: Harry Bruce reflects on UW “ischool’ past, future. Interviewing Harry Bruce. UW News Washington, DC, 24 Aug. 2017. Disponível em: https://www.washington.edu/news/2017/08/24/a-dean-looks-back-harry-bruce-reflects-on-uw-ischool-past-future/. Acesso em: 12 jun. 2021.

LANÇA, T. A. Multi e interdisciplinaridade nos programas de pós-graduação em Ciência da Informação: estudo bibliométrico com dados da plataforma lattes. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Universidade de São Carlos, São Carlos, 2018. Disponível em: https://repositorio.ufscar.br/bitstream/handle/ufscar/10582/Diss.%20Final_Tamie%20Lan%c3%a7a.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 17 jun. 2021.

LARSEN, R.L. The ischools. In: BATES, M. J.; Maack .M. N. (Eds). Encyclopaedia of library and information sciences. 3rd. ed. New York: Taylor & Francis. 2010. p. 3018-3023 Disponível em: http://d-scholarship.pitt.edu/5852/1/The_iSchools_final.pdf. Acesso em: 19 jun. 2021.

MELO, J. F.; ROCKEMBACH. A Arquivologia e a Ciência da Informação na era do big data: perspectivas de pesquisa e atuação profissional em arquivos digitais. Prisma.com, Porto, n. 39, p. 14-28. 2019. Disponível em: https://lume.ufrgs.br/handle/10183/204101. Acesso em:20 jun. 2021.

OH, S. G.; PALETTA, F. C. (ed.). Ischool Brazil’s meeting University of São Paulo: global ischools movement. São Paulo: USP, 2020. Disponível em: https://osf.io/u6x32/. Acesso em: 17 jun. 2021.

OLIVEIRA, L. C. F. de. O big data na produção científica da Ciência da informação. 2017. Dissertação (Mestrado em Gestão e Organização do Conhecimento) – Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais, 2017. Disponível em: https://repositorio.ufmg.br/bitstream/1843/ECIP-ARUJ8D/1/dissertacao_mest._ppggoc_eci_ufmg_oliveira_2017_v.5.pdf. Acesso em: 17 jun. 2021.

.

OLIVEIRA, M. E. N. ECA integra seleto grupo de escolas de excelência em Ciência da Informação. Entrevistado: Sam Oh. Universidade de São Paulo, São Paulo, 2020. Disponível em: http://www3.eca.usp.br/noticias/eca-integra-seleto-grupo-de-escolas-de-excel-ncia-em-ci-ncia-da-informa-o. Acesso em: 18 jun. 2021.

OLIVEIRA, M.; SILVA, Z. C. G. Caminhos da Ciência da Informação: da Library and Information Science às i-schools. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v.25, n. especial, p.8-27, fev. 2020. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/pci/article/view/22281/17898. Acesso em: 16 jun. 2021.

PALETTA, F. C.; SILVA, A. M. B. M. da. Contribuição para o desenho e proposta de laboratório de pesquisa e ensino a partir da análise de ischools de referência. In: PALETTA, F. C.; SILVA, A. M. B. M. da. Série tecnologia e organização da informação: contribuições para a Ciência da Informação. São Paulo: Blucher, 2020. Disponível em: https://openaccess.blucher.com.br/article-details/08-21958. Acesso em: 19 jun. 2021.

PALETTA, F. C.; SILVA, A. M. da. Contribuição para o desenho e proposta de laboratório de pesquisa e ensino a partir da análise de ischools de referência. Prisma.com, Porto, n.35, p.22-50, 2017. Disponível em: https://ojs.letras.up.pt/index.php/prismacom/article/view/3512/3304. Acesso em: 21 jun. 2021.

PAUL, P. Kr.; SENTHAMARAI, R. I-Schools: A brief overview with special reference to i-Caucus Foundation and Information Schools in Indian Perspectives. Asian Journal of Information Science and Technology, 2016. Disponível em: https://www.trp.org.in/wp-content/uploads/2016/11/AJIST-Vol.6-No.1-January-June-2016-pp.34-39.pdf. Acesso em: 13 jun. 2021.

PINHEIRO, L. V. R. Campo interdisciplinar da Ciência da Informação: fronteiras remotas e recentes. In: PINHEIRO, L. V. R. (org.). Ciência da Informação, ciências sociais e interdisciplinaridade. Brasília, DF: IBICT, 1999. p. 155-182. Disponível em: https://livroaberto.ibict.br/bitstream/1/1000/1/PINHEIRO.%20Ci%C3%AAncia%20da%20Informa%C3%A7%C3%A3o%2c%20Ci%C3%AAncias%20Sociais%20e%20Interdisciplinariedade.pdf. Acesso em: 13 jun. 2021.

PINHEIRO, L. V. R.; LOUREIRO, J. M. M. Políticas públicas de C&T, ICT e de pós-graduação e o surgimento da Ciência da Informação no Brasil. In: CINFORM, 5., 2004, Salvador. Anais eletrônicos [...] Salvador: UFBA, 2004. Disponível em: http://www.cinform-anteriores.ufba.br/v_anais/artigos/vaniajose.html. Acesso em: 23 jun. 2021.

ROCKEMBACH, M. Entrevista: Armando Malheiro da Silva. Em Questão, Porto Alegre, v. 23, n. 2, maio/ago. p. 11-33, 2017. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/EmQuestao/article/view/70025. Acesso em: 15 jun. 2021.

ROSA, B. B. R.; PALETTA, F. C. Transdisciplinarity in higher education and the information professional in the digital age: the ischools trends. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON INFORMATION SYSTEM AND TECHNOLOGY MANAGEMENT, 14., 2017, São Paulo. Anais eletrônicos [...]. São Paulo: USP, 2017. Disponível em: http://www3.eca.usp.br/sites/default/files/form/biblioteca/acervo/producao-academica/002842365.pdf. Acesso em: 12 jun. 2021.

RUSSO, M. Fundamentos de Biblioteconomia e Ciência da Informação. Rio de Janeiro: e-Papers, 2010. (Coleção Biblioteconomia e Gestão de Unidades de Informação, Série Didáticos – n. 1).

SARACEVIC, T. Ciência da informação: origem, evolução e relações. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v.1, n.1, p.41-62, 1996. Disponível em: http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/view/235/22. Acesso em: 15 jun. 2021.

SILVA, Z. C. G. da. Produção interdisciplinar na Ciência da Informação: abordagem nos domínios da arquitetura da informação. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2016. Disponível em: https://repositorio.ufpb.br/jspui/bitstream/tede/8850/2/arquivo%20total.pdf. Acesso em: 15 jun. 2021.

TANUS, G. F. A contribuição da Biblioteconomia científica: um olhar histórico. Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, v. 14, n. 2, p. 217-231, maio/ ago. 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/8643878/pdf. Acesso em: 14 jun. 2021.

Downloads

Publicado

2021-12-04

Como Citar

BORGES, L. da C. .; OLIVEIRA, M. A produção científica sobre Ischools em programas de pós-graduação em Ciência da Informação no Brasil. Múltiplos Olhares em Ciência da Informação, [S. l.], n. Especial, 2021. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/moci/article/view/37080. Acesso em: 18 maio. 2022.