Errância e enunciação desejante na adolescência

  • Aline Guimarães Bemfica

Resumo

Resumo

Neste artigo, propõe-se uma abordagem da errância na adolescência enfatizando-se a dimensão do desejo anônimo. A partir da investigação freudiana sobre as transformações da puberdade e da tese lacaniana sobre o despertar do sonho infantil, aborda-se o tema do desejo anônimo e do não-pertencimento dos jovens no campo do Outro parental e social, especificamente, entre os adolescentes infratores marcados pelas insígnias do erro e do pior. Haveria, nesses casos, um espaço para a enunciação desejante?

Palavras-chave: adolescência, errância, ato infracional, desejo, anonimato.

Publicado
2019-03-21
Seção
Relatos de Pesquisa