Arquivos da ditadura e acesso à informação: acervo memória e direitos humanos da Universidade Federal de Santa Catarina

Autores

  • Mariela Passarin Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação. Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC.
  • Cezar Karpinski Departamento de Ciência da Informação. Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC.

Resumo

Os estudos em torno do patrimônio documental do regime militar brasileiro propiciam o direito de acesso à informação e auxiliam a preservação da memória desse período histórico. Partindo dessa compreensão, esta pesquisa tem como objetivo principal analisar, a partir do prisma da Ciência da Informação, o processo de constituição de um sistema de organização e de gestão do conhecimento de um acervo específico, ainda em construção: o de “Memória e Direitos Humanos da Universidade Federal de Santa Catarina”. A abordagem metodológica teve por base uma pesquisa qualitativa relacionada ao estudo desse acervo, e descritiva na análise da organização documental disponível no site do projeto. Como resultado parcial, o estudo mostra que a criação de um acervo digital pode permitir, além da centralização do conjunto documental, um sistema eficaz de recuperação e disponibilização da informação. Conclui-se que a abordagem relacionada ao tema informação e memória ressalta a importância da organização e gestão da informação desse acervo, no sentido de permitir a publicidade/difusão dos seus conteúdos, em sua totalidade, de maneira inteligível e transparente, possibilitando, assim, a devida problematização dessas fontes de pesquisa. Palavras-chave: Patrimônio documental. Ditadura militar. Acesso à informação. Acervo

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mariela Passarin, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação. Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC.

Graduada em História (Bacharelado e Licenciatura) pela Universidade Federal do Paraná (2014) e em Administração pela Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná (2007), com especialização em História das Revoluções e dos Movimentos Sociais pela Universidade Estadual de Maringá/PR (2017). Atualmente é Técnica Administrativa em Educação e mestranda no curso de Ciências da Informação da Universidade Federal de Santa Catarina.

Cezar Karpinski, Departamento de Ciência da Informação. Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC.

Professor Adjunto IV da Universidade Federal de Santa Catarina - Departamento de Ciência da Informação. Bacharel em Filosofia, mestre e doutor em História. Atuação e pesquisa na área de Ciência da Informação, nas interfaces: Informação e Memória; Estudos históricos e epistemológicos da Ciência da Informação; História dos Arquivos e das Bibliotecas; Patrimônio cultural, natural e documental; Ciência da Informação e Interdisciplinaridade; Informação e Movimentos Sociais. Na área de História é especialista em História e Meio Ambiente, Rio Iguaçu (Séculos XIX e XX), Patrimônio Ambiental, Cataratas e Parque Nacional do Iguaçu, Hidrelétricas e História Oral. Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação e Membro do Grupo de Pesquisa Organização do Conhecimento e Gestão Documental.

Downloads

Publicado

2019-12-06

Edição

Seção

Artigos