DESVENDANDO A FESTA DO ROSÁRIO DA APAE-OP COMO ESPAÇO VIVIDO E EXPERIÊNCIA DE LAZER

Autores

  • Sidney Daniel Batista Universidade Federal de Minas Gerais
  • Isabela Melo De Souza UFOP

Resumo

O presente estudo tem como objetivo estudar a cultura do Congado que revela a religiosidade e a transmissão de saberes não só sobre os conhecimentos simbólicos e históricos, mas a construção do sentimento de pertencimento da cultura local. Para a pesquisa, foi escolhida a guarda da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Ouro Preto (APAE-OP), com o objetivo de desvendar o espaço vivido dos membros da guarda com a festa sob uma perspectiva cultural, com os aportes teóricos da geografia cultural e dos estudos do lazer. Para alcançar os resultados almejados, utilizou-se os seguintes procedimentos metodológicos como formas de operacionalização da pesquisa: pesquisa bibliográfica e documental, observação participante e entrevistas semiestruturadas. Portanto, viver a festa é viver o lugar a partir da experiência e das emoções, é encontrar-se no outro e reconhecer a si próprio. É marcar, modelar, transformar o lugar ao atribuir valor, sentido e significado. Esperamos que cada vez mais pesquisas procurem trilhar caminhos interdisciplinares, seja entre Lazer e Geografia. Esta pesquisa contou com apoio da CAPES.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sidney Daniel Batista, Universidade Federal de Minas Gerais

Mestre em Geografia pela Universidade Federal de Minas Gerais. Doutorando em Estudos do Lazer, Universidade Federal de Minas Gerais.

Isabela Melo De Souza, UFOP

Mestre em Comunicação pela Universidade Federal de Ouro Preto.

Downloads

Publicado

2020-08-13