LAZER E DIREITOS HUMANOS - A CARTA DA ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE LAZER PARA O LAZER

PASSADO, PRESENTE E FUTURO

Autores

  • Tony Veal Universidade de Tecnologia de Sydney (UTS)
  • Atara Sivan Universidade Batista de Hong Kong

Resumo

O lazer é um direito humano conforme preconiza a Declaração Universal dos Direitos Humanos (DUDH) da Organização das Nações Unidas (ONU). A declaração foi promulgada em 1948, quando o mundo ainda estava emergindo dos horrores de uma guerra, a qual presenciou uma negação dos direitos humanos em uma escala industrial. A Organização Mundial de Lazer (WLO), estabelecida como Internacional Recreation Association em 1952, é uma das 2.500 organizações com status consultivos da ONU para a educação, a ciência e a cultura (UNESCO). Pode, portanto, ser vista como uma modesta contribuição para a nova “ordem mundial” da era pós Segunda Guerra Mundial. A primeira edição da sua Carta para o Lazer foi publicada em 1970 e foi revisada em 1970, 1979 e, mais recentemente, em 2020. Partindo destas considerações, o objetivo deste artigo é analisar a posição da referida carta no sistema global de direitos humanos e seu potencial papel, bem como dos direitos humanos na política de lazer e na pesquisa. Para tanto, o texto está dividido em cinco seções principais: O sistema de direitos humanos da Organização das Nações Unidas; Revisando a Carta para o Lazer; A Carta para o Lazer revisada; Materiais de suporte; e Conclusões.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tony Veal, Universidade de Tecnologia de Sydney (UTS)

Professor adjunto da Escola de Negócios da Universidade de Tecnologia de Sydney (UTS), Austrália. Em 2012, recebeu o Prêmio Literário George Torkildsen da Organização Mundial de Lazer. Ele já foi presidente de duas importantes associações da área: UK Leisure Studies Association e da Australian and New Zealand Association for Leisure Studies. Sua última obra foi o livro “Whatever Happened to the Leisure Society?” (2019). Além disso, em 2015, ele foi autor de um artigo significativo sobre “Direitos humanos, estudos de lazer e lazer” publicado no World Leisure Journal.

Atara Sivan, Universidade Batista de Hong Kong

Chefe do Departamento de Estudos de Educação da Universidade Batista de Hong Kong. Presidente e membro sênior da World Leisure Academy. Recebeu vários prêmios internacionais, incluindo o George Torkildsen Literary Award, o Hillel Ruskin Memorial Scholar Lecture Award e o Knowledge Transfer Award de 2015 por sua contribuição para o avanço de conceitos relacionados ao lazer e à educação em lazer internacionalmente.

Downloads

Publicado

2021-08-26