OS EQUIPAMENTOS DE LAZER COMO CENÁRIOS DAS EXPERIÊNCIAS E DAS ATIVIDADES NO TEMPO LIVRE

  • Luiz Wilson Pina Membro do GIEL, Grupo Interdisciplinar de Estudos do Lazer, USP-Leste São Paulo, SP, Brasil
Palavras-chave: Lazer, Espaços, Equipamentos de lazer.

Resumo

Aprofundam-se e ampliam-se as análises e as discussões sobre a cidade e o lazer, e sobre os espaços de lazer na cidade. Considerando que a cidade é o grande cenário para as experiências de lazer no século 21, cresce a importância dos Equipamentos de Lazer, e do seu desenvolvimento conceitual. Com base nas categorias da Percepção, de Jun Okamoto, e das definições de lugar e não-lugar, de Marc Augé, o texto propõe algumas orientações e sugestões técnicas para o planejamento dos Equipamentos de Lazer no Brasil.

Biografia do Autor

Luiz Wilson Pina, Membro do GIEL, Grupo Interdisciplinar de Estudos do Lazer, USP-Leste São Paulo, SP, Brasil
Economista, Especialista em Lazer e Recreação, em Elaboração e Avaliação de Projetos e em Gestão Ambiental, Mestre em Lazer e Recreação e em Educação Ambiental. Atuou na Assessoria de Planejamento do Sesc de São Paulo de 1977 a 2003, participando dos grupos de trabalho que planejaram os Equipamentos de Lazer daquela organização, e na Assessoria de Planejamento do Sesc Rio de Janeiro, de 2004 a 2011. Autor do livro “Planejamento de Equipamentos de Lazer”, Editora Perse, 2014.
Publicado
2017-11-20