A passagem de plantão e a corrida de leito como instrumentos norteadores para o planejamento da assistência de enfermagem

Autores

  • Bruna Tinoco Pereira UFMG, Escola de Enfermagem
  • Camila Alessandra de Brito UFMG, Escola de Enfermagem
  • Gabriela Corrêa Pontes UFMG, Escola de Enfermagem
  • Eliane Marina Palhares Guimarães UFMG, Escola de Enfermagem , Departamento de Enfermagem Aplicada

Palavras-chave:

Planejamento de Assistência ao Paciente, Cuidados de Enfermagem, Processos de Enfermagem, Comunicação

Resumo

Trata-se de um relato de experiência das acadêmicas do curso de graduação em Enfermagem da Escola de Enfermagem da UFMG, que desenvolveram as atividades práticas da disciplina Estágio Curricular Supervisionado em Rede Hospitalar, numa unidade de clínica médica de um hospital universitário. Mediante a inserção na unidade e a elaboração do diagnóstico situacional, identificou-se a necessidade de discutir com os enfermeiros a importância da passagem de plantão e da corrida de leito como dois dos instrumentos administrativos primordiais para planejar e avaliar a assistência de enfermagem. Assim, constituíram-se objetivos deste estudo a revisão da Instrução Técnica de Trabalho (ITT), em vigor na instituição sobre passagem de plantão, e a elaboração de uma proposta de ITT sobre corrida de leito. A metodologia utilizada baseou-se no planejamento estratégico proposto por Cecílio (1997). O estudo proporcionou uma visão ampliada sobre a passagem de plantão e da corrida de leito como ferramentas para o planejamento, a execução e a avaliação da assistência de enfermagem, bem como sobre a utilização das ITTs como instrumentos orientadores das atividades diárias do enfermeiro nas unidades de serviço. Saliente-se a participação dos enfermeiros durante o desenvolvimento do estudo, expressando a corresponsabilidade na implementação das ITTs e, consequentemente, nas mudanças na sistematização da assistência de enfermagem na unidade, que garantirão a realização da passagem de plantão e da corrida de leito nos três turnos de trabalho. Ressalte-se, ainda, a oportunidade como acadêmicas de exercitar, deforma sistematizada, ações da coordenação da assistência de enfermagem numa unidade assistencial

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

01-06-2011

Como Citar

1.
Pereira BT, Brito CA de, Pontes GC, Guimarães EMP. A passagem de plantão e a corrida de leito como instrumentos norteadores para o planejamento da assistência de enfermagem. REME Rev Min Enferm. [Internet]. 1º de junho de 2011 [citado 29º de maio de 2024];15(2). Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/reme/article/view/50401

Edição

Seção

Relato de Experiencia

Artigos Semelhantes

1 2 3 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.