Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir para o rodapé

Dossiê - Pandêmios Politikê: pensamento radical em quarentena?

v. 1 n. 1 (2020): Dossiê - Pandêmios Politikê: pensamento radical em quarentena?

Cartografia da vulnerabilidade: somos todos trans*?

Enviado
março 30, 2021
Publicado
2021-01-25

Resumo

No presente paper, produzimos uma relação entre a subjetividade moderna com a pandemia do SARS-CoV2, e a origem de uma cartografia da vulnerabilidade trans*. No intuito de caracterizar a subjetividade moderna, pensamos, principalmente, em René Descartes e na ideia de uma epistemologia objetivante. Na atualidade, esta epistemologia toma forma com o conceito de antropoceno, que corresponde a um novo regime climático e, por sua vez, é a denominação provável de nossa mais recente catástrofe climática. Diante de tal mudança climática, diretamente responsável por gerar tragédias globais, como a atual pandemia, é igualmente crível pensar o nosso grande confinamento e a vulnerabilidade trans* como possibilidade de uma forma de subjetividade solidária.

Downloads

Não há dados estatísticos.