EDUCAÇÃO EM DIABETES EM EVENTO NA PRAÇA MUNICIPAL DE DIVINÓPOLIS-MG

Autores

Palavras-chave:

Educação em Saúde, Índice Glicêmico, Programas de Rastreamento

Resumo

O rastreamento do diabetes mellitus e a educação em diabetes consistem em atividades de suma importância para a saúde pública. O projeto de extensão “Educação em Diabetes” realizou dois eventos na praça municipal de Divinópolis-MG, cujos objetivos foram rastrear o diabetes mellitus e a hipertensão arterial na população, por meio do teste de glicemia capilar e aferição da pressão arterial, respectivamente, e transmitir conhecimento sobre o diabetes mellitus por meio de pôsteres e cartilhas, a fim de sensibilizar as pessoas sobre a prevenção da doença, adoção do autocuidado e controle glicêmico. Participaram dos eventos 215 indivíduos, dentre os quais 17,2% e 28,4% possuíam, respectivamente, pressão arterial sistólica maior ou igual a 140 mmHg e diastólica maior ou igual a 90 mmHg, 9,8% utilizavam hipoglicemiantes, 28,4% utilizavam anti-hipertensivose 5,6% utilizavam ambos os medicamentos. Dentre os indivíduos que utilizavam hipoglicemiantes, 33,3% apresentaram glicemia capilar ≥180 mg/dL, o que caracteriza um mau controle glicêmico. Dentre os indivíduos que não utilizavam hipoglicemiantes, 23,9% apresentaram glicemia >126 mg/dL, o que indica uma glicemia
alterada na triagem. Por meio da realização destes eventos voltados para a promoção da saúde, foi possível identificar, por meio da triagem, indivíduos que possivelmente apresentavam diabetes mellitus e conscientizá-los sobre a importância do diagnóstico e tratamento precoces. Além disso, foi possível orientar os indivíduos que possuíam diabetes mellitus sobre a importância do autocuidado e do controle da glicemia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

William Neves Oliveira, Universidade Federal de São João Del Rei



Aline Evangelista, Universidade Federal de São João Del Rei



Alan Carvalho Caetano Moura, Universidade Federal de São João Del Rei



Fernanda Aparecida Viana, Universidade Federal de São João Del Rei




Referências

American Diabetes Association. (2018). Glycemic Targets: Standards of Medical Care in Diabetes – 2018. Diabetes Care. 45(Suppl 1): S55-S64. http://care.diabetesjournals.org/content/41/Supplement_1/S55

Domicílios, 1998, 2003 e 2008. Epidemiologia e Serviços de Saúde, Brasília, 21(1), p.7-19.http://scielo.iec.gov.br/pdf/ess/v21n1/v21n1a02.pdf

Freitas, L. R. S.; Garcia, L. P. (2012). Evolução da prevalência do diabetes e deste associado à hipertensão arterial no Brasil: análise da Pesquisa Nacional por Amostra de Gomes, R.; Nascimento, E. F.; & Araújo, F. C. de. (2007) Por que os homens buscam menos os serviços de saúde do que as mulheres? As explicações de homens com baixa escolaridade e homens com ensino superior. Cadernos de Saúde Pública, 23(3), 565-574. http://www.scielo.br/pdf/csp/v23n3/15.pdf

González, R. G.; Pérez, R. S.; & ACOSTA, O. M. (1997). Comunicación y educación interactiva en salud y su aplicación al control del paciente diabético. Revista Panamericana de Salud Publica, 2(1), 32-36. https://www.scielosp.org/article/rpsp/1997.v2n1/32-36/

International Diabetes Federation (IDF). (2017). IDF Diabetes Atlas. 8. ed.. International Diabetes Federation (IDF). (2017). IDF Diabetes Atlas. 8. ed.. https://www.idf.org/e-library/epidemiology-research/diabetes-atlas

Jorgensen, L. G. et al. (2005). Glycemic control in diabetes in three Danish counties. Clinical Chemistry and Laboratory Medicine, 43 (12), 1366-1372. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16309374

Lima-Costa, M. F.; de Oliveira, C.; Macinko, J.; & Marmot, M. (2012). Socioeconomic inequalities in health in older adults in Brazil and England. American Journal of Public Health, 102(8), 1535-1541. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3464850/

Megerssa, Y. C.; Gebre, M. W.; Birru, S. K.; Goshu, A. R.; & Tesfaye, D. Y. (2013). Prevalence of undiagnosed diabetes mellitus and its risk factors in selected institutions at Bishoftu Town, East Shoa, Ethiopia. Journal of Diabetes and Metabolism, S12:008. https://www.omicsonline.org/prevalence-of-undiagnosed-diabetes-mellitus-and-its-risk-factors-2155-6156.S12-008.pdf

Pena, M. do S. P.; Evangelista, F. de A.; Azevedo, D. L. M.; Santos, I. C. M. dos; Souza, L. F. A.; Silva, C. F.; Gomes, C. A. de A.; Barbosa, A. L. J.; Lacerda, J. V. de; Cruz A. M. da S.; Moreira, L. M. P.; Silva, E. L. O.; Moreira, C. da S. X.; & Silva, E. W. (2018). Rastreamento em saúde: glicemia capilar e pressão arterial. Revista de Trabalhos Acadêmicos – Universo Belo Horizonte, 1(3). http://revista.universo.edu.br/index.php?journal=3universobelohorizonte3&page=article&op=view&path%5B%5D=6594

Pittrow, D. et al. (2006). Prevalence, drug treatment and metabolic control of diabetes mellitus in primary care. Med. Klin., 101 (8), 635-644. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16896570

SCHMIDT, M. I. et al. (2011). Doenças crônicas não-transmissíveis no Brasil: carga e desafios atuais. The Lancet, 61-73. http://www.idec.org.br/pdf/schmidtetal_lancet2011.pdf

Sociedade Brasileira de Cardiologia; Sociedade Brasileira de Hipertensão; Sociedade Brasileira de Nefrologia. (2016). VII Diretrizes Brasileiras de Hipertensão. Arquivos Brasileiros de Cardiologia , 107(3), 1-83. http://publicacoes.cardiol.br/2014/diretrizes/2016/05_

HIPERTENSAO_ARTERIAL.pdf

SOCIEDADE BRASILEIRA DE DIABETES (SBD). (2017). Diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes 2017-2018. São Paulo: Clannad. https://www.diabetes.org.br/profissionais/images/2017/diretrizes/diretrizes-sbd-2017-2018.pdf

Stevens, A.; Schmidt, M. I.; & Duncan B. B. (2012). Desigualdades de gênero na mortalidade por doenças crônicas não transmissíveis no Brasil. Ciência e Saúde Coletiva, 17(10), 2627-2634. http://www.scielo.br/pdf/csc/v17n10/12.pdf

Wong, C. K. H.; Wong, W. C. W.; Lam, C. L. K.; Wan, Y. F.; Wong, W. H. T.; Chung, K. L. et al. (2014). Effects of Patient Empowerment Programme (PEP) on Clinical Outcomes and Health Service Utilization in Type 2 Diabetes Mellitus in Primary Care: An Observational Matched Cohort Study. PLoS ONE, 9(5).. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4006782/

Downloads

Publicado

2023-12-30

Como Citar

OLIVEIRA, W. N.; EVANGELISTA, A.; MOURA, A. C. C.; ALVES, C. B.; VIANA, F. A.; FERNANDES, M. R.; PEREIRA, M. L.; BALDONI, A. de O.; DOMINGUETI, C. P. EDUCAÇÃO EM DIABETES EM EVENTO NA PRAÇA MUNICIPAL DE DIVINÓPOLIS-MG. Interfaces - Revista de Extensão da UFMG, [S. l.], 2023. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistainterfaces/article/view/35841. Acesso em: 24 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos