PATRIMÔNIO KAINGANG, GUARANI NHANDEWA E TERENA (SP)

CO-MUSEALIZAÇÃO, CO-ENSINO, CO-PESQUISA E A CONSTRUÇÃO DE DISCURSOS MUSEOLÓGICOS NA UNIVERSIDADE

Autores

Palavras-chave:

Museu Universitário, Curadoria, Protagonismo Indígena, Colaboração em Museu, Comunicação Museológica

Resumo

Este artigo discute o conceito de curadoria e o processo de musealização de musealia indígenas no museu universitário. Ao questionar ideias de curadoria como processo fechado e sequencial, também se questiona a pesquisa, o ensino e a extensão como etapas separadas. Pelo método da colaboração, neste artigo defendem-se as relações dialógicas que ampliem a ideia de curadoria e de curador, da mesma forma que se propõe um tripé universitário que respeite as contribuições indígenas, para uma co-musealização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marília Xavier Cury, Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo (MAE-USP). São Paulo, São Paulo, Brasil

Professora Associada no Programa de Pós-Graduação em Arqueologia (MAE) e do Programa de Pós-Graduação Interunidades em Museologia (USP)

 

 

Referências

BRASIL (2003). Ministério da Cultura. Bases para a Política Nacional de Museus: memória e cidadania. Brasília, DF.

BRASIL (2009). Lei no 11.904, de 14 de janeiro de 2009. Institui o Estatuto de Museus. Brasília, DF.

Colwell, C. & Lopes, R. A. (2020). Arqueologia colaborativa não é o fim. Revista Do Museu De Arqueologia E Etnologia, 34(34), 41-47.

Cury, M. X. (2016). Relações (possíveis) museus e indígenas: em discussão uma circunstância museal. In: M. F. Lima Filho; R. Abreu; R. Athias (Org.). Museus e atores sociais: perspectivas antropológicas. Recife: UFPE: ABA, pp. 149-170.

Cury, M. X. (2017). Circuitos museais para a visitação crítica: descolonização e protagonismo indígena. Ritur Revista Iberoamericana de Turismo, 7, 87-113.

Cury, M. X. (2019). Museu e exposição: o exercício comunicacional da colaboração e da descolonização com indígenas. In: Museu Goeldi: 150 anos de ciência na Amazônia. Belém: Museu Paraense Emílio Goeldi, pp. 313-348.

Cury, M. X. (2020). Metamuseologia: Reflexividade sobre a tríade musealia, musealidade e musealização, museus etnográficos e participação indígena. Museologia & Interdisciplinaridade, 9(17), 129–146.

Cury, M. X. (2021).Políticas públicas museais e a promoção de programas de educação em museus: os públicos no plural. Cadernos do CEOM, 34(54), 183-202.

Deliss, C. (2015). Collecting Life’s Unknows. In: L’INTERNATIONALE (ed.) Decolonising Museums [online], pp. 23-34.

Desvallées, A. & Mairesse, F. (eds). (2013). Tradução e comentários B. B. Soares e M. X. Cury. Conceitos-chaves de museologia. São Paulo: Comitê Brasileiro do Conselho Internacional de Museus: Pinacoteca do Estado de São Paulo: Secretaria de Estado da Cultura.

Granato, M., Ribeiro, E. S. & Abalada, V. E. T. M. (2020). Comunicação em museus universitários: sobre a presença dos museus virtuais brasileiros na world wide web. Museologia & Interdisciplinaridade, 9(Especial), 24–53.

Lima, S. C. & Silva, F. A. (2021). Colaboração em Museus: a participação de mulheres asurinis na definição dos critérios de restauração de vasilhas cerâmicas produzidas pelas suas ancestrais. Museologia & Interdisciplinaridade, 10(19), 290–304.

López Garcés, C. L. & Karipuna, S. P. S. (2021). “Curadorias do invisível”: conhecimentos indígenas e o acervo etnográfico do Museu Paraense Emílio Goeldi . Museologia & Interdisciplinaridade, 10(19), 101–114.

Pérez Gil, L. (2021). Exibir aquilo que deveria estar oculto: dilemas de uma exposição mbya guarani. Museologia & Interdisciplinaridade, 10(19), 115–139.

Pérez Gil, L., Portela, B. M. & Freire, G. C. (2021). Prática extensionista em museus universitários: a trajetória do Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade Federal do Paraná (MAE-UFPR). Revista CPC, 15(30esp), 247-277.

Reca, M. M. (2021). Protagonismo e evento: reflexões sobre gestão participativa com acervos antropológicos. Museologia & Interdisciplinaridade, 10(19), 203–217.

Silva, M. A. & Carneiro , C. G. (2021). Escuta das narrativas indígenas na exposição colaborativa do MAE-USP: : desafios para o desenvolvimento de ações educativas eticamente responsáveis e engajadas nos museus . Museologia & Interdisciplinaridade, 10(19), 163–188.

Universidade de São Paulo (USP). Pró-Reitoria de Cultura e Extensão. Disponível em: https://prceu.usp.br/institucional. Acesso em: 15 julho de 2021.

Vasconcelos, M. L. C. & Granato, M. (2021). Do reconhecimento ao protagonismo: Preservação e gestão compartilhada de coleções indígenas em documentos patrimoniais e legislações referentes. Museologia & Interdisciplinaridade, 10(19), 279–289.

Downloads

Publicado

2022-12-31

Como Citar

CURY, M. X. . PATRIMÔNIO KAINGANG, GUARANI NHANDEWA E TERENA (SP): CO-MUSEALIZAÇÃO, CO-ENSINO, CO-PESQUISA E A CONSTRUÇÃO DE DISCURSOS MUSEOLÓGICOS NA UNIVERSIDADE. Interfaces - Revista de Extensão da UFMG, [S. l.], v. 10, n. 2, 2022. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistainterfaces/article/view/42249. Acesso em: 4 fev. 2023.

Edição

Seção

Dossiê Patrimônio Universitário em Rede