O PAPEL DA UNIVERSIDADE É ENSINAR A PENSAR BEM

Autores

DOI:

https://doi.org/10.17648/2238-037X-trabedu-v29n1-20620

Palavras-chave:

Educação, Reforma, Autonomia, Formação, Pensar

Resumo

A entrevista aborda temas como a educação continuada, baseada na pedagogia das cinco escolas da vida, de Jan Amos Comenius (1592-1670); a missão da universidade ao longo do tempo; a inclusão das ciências da engenharia e matemática após a reforma de Leibniz (1646-1716), na universidade de Hannover; da autonomia como instituição; a formação holística num mundo em contínua mudança; os desafios da era digital; o aporte de Luc Ferry e de Paulo Freire; o papel da universidade em ensinar a pensar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Joaquim Luís Medeiros Alcoforado, Universidade de Coimbra

Doutor em Ciências da Educação pela Universidade de Coimbra. É Professor na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra e Investigador do Grupo de Políticas Educativas e Dinâmicas Educacionais (GRUPOEDE) do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX (CEISXX), uma Unidade de Investigação da Universidade de Coimbra e da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT).

Downloads

Publicado

2020-05-18

Como Citar

ALCOFORADO, . J. L. M. O PAPEL DA UNIVERSIDADE É ENSINAR A PENSAR BEM. Trabalho & Educação, [S. l.], v. 29, n. 1, p. 171–180, 2020. DOI: 10.17648/2238-037X-trabedu-v29n1-20620. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/trabedu/article/view/20620. Acesso em: 17 maio. 2021.

Edição

Seção

ENTREVISTAS