A ESCRITA ACADÊMICA NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA

UMA REVISÃO SISTEMÁTICA DA LITERATURA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35699/2238-037X.2022.40674

Palavras-chave:

Escrita acadêmica, Revisão sistemática da literatura, Cursos Superiores de Tecnologia

Resumo

O objetivo geral deste trabalho foi apresentar uma revisão sistemática da literatura em torno da escrita acadêmica (EC) no contexto da Educação Profissional e Tecnológica (EPT), no período de 2002 a 2021. Para fundamentar o artigo, construiu-se um referencial que aborda a EC, num primeiro momento, e depois, trata-se dos cursos de tecnologia no Brasil. No que diz respeito aos aspectos metodológicos, realizou-se uma revisão sistemática da literatura nos portais/bases de dados SciELO Brasil e Google Scholar, tendo como resultado inicial 163 registros. Desse total, 155 foram excluídos por estarem duplicados nas bases ou por se tratar de livros impressos ou por não estarem disponível na íntegra em formato digital. Dessa maneira, a análise final contemplou um total de oito trabalhos, sendo três artigos científicos, três dissertações de mestrado, um capítulo de livro e um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Como principais resultados, encontrou-se que as investigações mapeadas tratam dos seguintes aspectos da EC em/para a EPT: a construção do gênero textual abstract no TCC, a utilização do podcast como método de ensino da EC, a escrita do artigo acadêmico desde a abordagem sociorretórica, o letramento acadêmico-científico, a elaboração do Trabalho Interdisciplinar de curso, o uso e a influência das tecnologias digitais nas práticas de leitura e escrita que ocorrem na esfera acadêmica e os aspectos coesivos na produção de artigos acadêmicos. Com base nos trabalhos identificados, ainda que se tenha encontrado somente oito produções sobre a EC em/para cursos de tecnologia, o mapeamento realizado pode contribuir para amenizar a ideia de que a modalidade tecnológica deve ser reduzida a um cunho estritamente de educação profissional, com pouca inserção no contexto da pesquisa científica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aline Braga Oliveira, Universidade Federal do Amapá (Unifap)

Graduação em andamento em Tecnologia em Secretariado na Universidade Federal do Amapá (Unifap).

Keila Teixeira Furtado, Universidade Federal do Amapá (Unifap)

Graduação em andamento em Tecnologia em Secretariado na Universidade Federal do Amapá (Unifap).

Eduardo César Pereira Souza, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (Unesp)

Doutorando em Linguística e Língua Portuguesa na Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp). Mestre em Linguística pela Universidade Cruzeiro do Sul (Unicsul). Graduado em Secretariado Executivo pela Universidade Federal do Amapá (Unifap).

Laís Silveira Santos, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Doutora em Administração pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Mestre em Administração pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Bacharel em Administração Pública pela UDESC. É servidora pública federal, ocupando o cargo de administradora na UFSC.

Referências

ALMEIDA, Fabiana Vanessa Achy; LINDSTRON, Jacqueline Andreucci; GASPARELLO, Evellyn; SANTOS, Caroline dos; WATANABE, Thais; RETORTA, Miriam Sester; GÖDKE, Ana Valéria Bisetto Bork. Academic-scientific literacies: the teaching of writing at the Federal University of Technology – Paraná. SciELO Preprints, 2021. DOI: 10.1590/SciELOPreprints.2246. Disponível em: https://preprints.scielo.org/index.php/scielo/preprint/view/2246. Acesso em: 17 jun. 2022.

BRASIL. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Poder Legislativo, Brasília, DF, 23 dez. 1996. p. 27833.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Superior. Parecer 436/2001/DF. Brasília: Conselho Nacional de Educação, 02 abr. 2001.

BRASIL. Ministério da Educação. Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais para a organização e o funcionamento dos cursos superiores de tecnologia, com fundamento no Parecer CNE/CP nº 29/2002. Brasília, DF, 2002.

BRASIL. Decreto n. 5.773, de 9 de maio de 2006. Dispõe sobre o exercício das funções de regulação, supervisão e avaliação de instituições de educação superior e cursos superiores de graduação e sequenciais no sistema federal de ensino. Diário Oficial da União, Poder Executivo, Brasília, DF, 10 maio 2006. p. 6.

BRASIL. Ministério da Educação. Referenciais Curriculares Nacionais dos Cursos de Bacharelado e Licenciatura/Secretaria de Educação Superior. Brasília, 2010. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/component/content/article?id=12986. Acesso em: 23 jan. 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia. Brasília, DF, 2016.

CASTRO, Rafael Fonseca de; DAMIANI, Magda Floriana. Uma intervenção sobre a escrita acadêmica: o que dizem os estudantes de Pedagogia a distância? Revista Educação UFSM, v. 42, n. 1, p. 85-98, jan./abr., 2017.

GRINSPUN, Mirian Zippin. (Org.). Educação tecnológica: desafios e perspectivas. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2009.

JUCÁ, Mario Cesar; OLIVEIRA, Paulo Jorge de; SOUZA, Romildo José de. Cursos superiores tecnológicos: um avanço da educação superior no Brasil. In: COLOQUIO INTERNACIONAL SOBRE GESTIÓN UNIVERSITARIA EN AMÉRICA DEL SUR, 10., 2010, Mar del Plata. Anais [...]. Mal del Plata, 2010. Disponível em: <https://core.ac.uk/download/pdf/30378066.pdf>. Acesso em: 10 jun. 2021.

LOBATO, Marília Gabriela Silva. Mercado de trabalho e empregabilidade sob a lógica do capital: representações sociais do secretariado executivo no Amapá (1998-2011).2015. 145 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional) – Departamento de Pós-Graduação, Universidade Federal do Amapá, Macapá, 2015.

LUIZ, Ercília Maria de Moura Garcia. Escrita acadêmica: princípios básicos. Santa Maria, RS: UFSM, 2018. e-book Disponível em: https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/16143/NTE_Licen_Ciencia_Religi%C3%A3o_Escrita_Academica_Principios_Basicos.pdf?sequence=6&isAllowed=y Acesso em: 10 fev. 2022.

MAGALHÃES, Ana Lúcia. Ensino da Produção de Artigo Acadêmico: uma Abordagem Sociorretórica. In: FERREIRA, L. A. Retórica, Escrita e Autoria na Escola. São Paulo: Blucher, 2018, p. 158 -176.

MENINO, Sergio Eugenio; PETEROSSI, Helena Gemignani; FERNANDEZ, Senira Anie Ferraz. Reflexões sobre pesquisa nos cursos superiores de tecnologia. In: WORKSHOP DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA DO CENTRO PAULA SOUZA, V. Anais [...]. Ceeteps: São Paulo, 2009.

MORAIS, B. P. de.; POSSAMAI, L. Escrita acadêmica: conteúdo e atividade na pós-graduação. Revista Carioca de Ciência, Tecnologia e Educação, v. 6, n. 2, 2021. Disponível em: https://recite.unicarioca.edu.br/rccte/index.php/rccte/article/view/218 Acesso em: 20 maio 2022.

MOTTA-ROTH, Désirée. Comunidade acadêmica internacional? Multicultural? Onde? Como? Linguagem & Ensino, v. 5, n. 2, p. 49-65, 2002. Disponível em: https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/rle/article/view/15558 Acesso em: 20 maio 2021.

MOTTA-ROTH, Désirée. Análise crítica de gêneros: contribuições para o ensino e a pesquisa de linguagem. DELTA: Documentação de Estudos em Linguística Teórica e Aplicada, v. 24, n. 2, p. 341-383, 2008. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0102-44502008000200007 Acesso em: 20 maio. 2021.

NININ, Maria Otilia Guimarães. Escrita acadêmica e gramática sistêmico-funcional: perspectivas para o ensino. Trabalhos em Linguística Aplicada, v. 54, n. 3, p. 593-619, 2015. Disponível em: https://doi.org/10.1590/010318134658164921. Acesso em: 20 maio. 2021.

PACHECO, Jorge Tércio Soares; BERNARDINO, Cibele Gadelha; FREITAS, Tatiane Lima de. Um estudo sócio retórico da seção de Conclusão em artigos originais da cultura disciplinar da área de Nutrição. Entrepalavras, Fortaleza, v. 8, p. 119-139, jan./abr. 2018.

REIS, Caroline Kirsten. História da escrita: uma contextualização necessária para o processo de alfabetização. Monografia (Licenciatura plena em Pedagogia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2019.

RIBEIRO, Cilmara Aparecida. Projeto Interdisciplinar em um curso de Tecnólogo em EaD: perspectivas discentes. 2018. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de Taubaté, Taubaté, 2018.

RIBEIRO, Públio Vieira Valadares. Inovação tecnológica e transferência de tecnologia. Brasília: MCT, 2001. Disponível em: http://www.mct.gov.br/publi/transferenciadetecnologia2.pdf Acesso em: 18 jan. 2022.

RUGGI, Rafael. O texto científico ensinado em podcasts: uma proposta de uso em um curso a distância. Trabalho de Conclusão de Curso (Tecnologia em Sistemas para Internet), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo, São Paulo, 2016.

SILVA, Manoel Santos da. Aspectos coesivos na produção de artigos acadêmicos no curso tecnológico do Instituto Federal de Alagoas - Campus Satuba. 2011. 49 f. Dissertação (Mestrado em Educação Agrícola) - Instituto de Agronomia, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica - RJ, 2011.

SILVA, Cylon Gonçalves da; MELO, Lúcia Carvalho Pinto de. (coords.). Ciência, Tecnologia e Inovação: desafio para a sociedade brasileira - Livro Verde. MCT/ABC: Brasília, 2001. Disponível em: http://www.mct.gov.br/index.php/content/view/18811.html Acesso em: 10 jan. 2022.

SILVA, Marcelo Oliveira da; VITÓRIA, Maria Inês Corte. A experiência de escrita no trabalho de conclusão de curso: percepções de alunos de um curso superior de tecnologia em gestão em recursos humanos. Revista CAMINE: Caminhos da Educação, Franca, v. 6, n. 1, 2014.

STOCKMANNS, Jussara Isabel; PEREIRA, Viviane Aparecida Traversin. A escrita acadêmica: desafios do ato de escrever na educação superior. In. SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE REPRESENTAÇÕES SOCIAIS, SUBJETIVIDADE E EDUCAÇÃO, 4., 2017. Anais... Curitiba, 2017.

STOCKMANNS, J. I.; BIANCHI, R. C.; PAZ, D. P. GONÇALVES, E. Escrita/reescrita acadêmico-científica no ensino superior: um processo em construção permanente. Revista Mundi Sociais e Humanidades, v. 3, n. 3, p. 40, 2018. Disponível em: https://periodicos.ifpr.edu.br/index.php?journal=MundiSH&page=article&op=view&path%5B%5D=657 Acesso em: 20 abr. 2022.

TOURINHO, Cleber. Refletindo sobre a dificuldade de leitura em alunos do ensino superior: “Deficiência” ou simples falta de hábito? Revista Lugares de Educação, Bananeiras/PB, v. 1, n. 2, p.325-346, jul.-dez. 2011.

ULTRAMARI, João Roberto. Ensino-aprendizagem do gênero abstract para trabalhos de conclusão de curso (TCC). 2010. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada) - Departamento de Ciências Sociais e Letras, Pedagogia e Serviço Social, Universidade de Taubaté, Taubaté, 2010.

XAVIER, Rita de Cássia Giusti; LACAVA, Lucas; FERREIRA, Arnaldo Assis; SAÉS, Maria Elizete Luz. Produção acadêmica e tecnologias digitais: investigação sobre a influência das tecnologias nas práticas de letramento dos tecnólogos em formação. REGRAD - Revista Eletrônica de Graduação do UNIVEM, v. 11, n. 01, p. 404 - 420, 2018.

Downloads

Publicado

2022-11-04

Como Citar

OLIVEIRA, A. B.; FURTADO, K. T.; SOUZA, E. C. P.; SANTOS, L. S. A ESCRITA ACADÊMICA NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA DA LITERATURA. Trabalho & Educação, Belo Horizonte, v. 31, n. 2, p. 163–182, 2022. DOI: 10.35699/2238-037X.2022.40674. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/trabedu/article/view/40674. Acesso em: 30 nov. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS