TRABALHO DOCENTE NO ENSINO SUPERIOR PARTICULAR DURANTE A VIRTUALIZAÇÃO DO ENSINO NA PANDEMIA DA COVID-19

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35699/2238-037X.2023.41725

Palavras-chave:

Trabalho docente, COVID-19, Virtualização do ensino

Resumo

Trata-se de um estudo sobre trabalho docente em instituições particulares de ensino superior durante a virtualização do ensino na pandemia da COVID-19. Buscou-se analisar possíveis relatos de vivências de cansaço na dinâmica relacional com o trabalho. Tratou-se de um estudo qualitativo, de natureza exploratória, em que participaram oito professores de ensino superior de três instituições particulares da cidade de Fortaleza/CE. Foi realizada uma entrevista com roteiro semiestruturado, para posterior realização de uma análise de conteúdo segundo Bardin. Os resultados demonstram, com a virtualização do ensino, muitas dificuldades foram vivenciadas, tais como estreitamento entre trabalho e vida familiar, uso de novas tecnologias no trabalho, relação com os alunos, sobrecarga de trabalho e acúmulo de atribuições.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lívia Morel Dias, Universidade de Fortaleza

Mestre em Psicologia pela Universidade de Fortaleza. Graduada em Psicologia pela Universidade de Fortaleza. Psicóloga clínica

Tereza Glaucia Rocha Matos, Universidade de Fortaleza

Doutora em Psicologia pela Universidade de Barcelona. Graduada em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará. Professora adjunta do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade de Fortaleza.

Referências

ADERALDO, I. L.; ADERALDO, C. V. L.; LIMA, A. C. Aspectos críticos do teletrabalho em uma companhia multinacional. Cadernos EBAPE BR, v. 15, n. spe, p. 511–533, 2017. Disponível em: https://www.scielo.br/j/cebape/a/rhyjxT5KWZgwQDDp4pqbdFN/abstract/?lang=pt. Acesso em 02 fev. 2022.

BAPTISTA, M. et al. Burnout, estresse, depressão e suporte laboral em professores universitários. Revista Psicologia Organizações e Trabalho, v. 19, n. 1, p. 564–570, 2019. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-66572019000100008. Acesso em 04 set. 2021.

BARSOTTI, P. D. Produtivismo acadêmico: essa cegueira terá fim? Educação & sociedade, v. 32, n. 115, p. 587–590, 2011. Disponível em: https://www.scielo.br/j/es/a/KdwghhrsK5z48tTqptzkwHd/?lang=pt. Acesso em 24 out 2021.

CAMPOS, C. J. G. Método de análise de conteúdo: ferramenta para a análise de dados qualitativos no campo da saúde. Revista brasileira de enfermagem, v. 57, n. 5, p. 611–614, 2004. Disponível em: https://www.scielo.br/j/reben/a/wBbjs9fZBDrM3c3x4bDd3rc/#. Acesso em 07 jul. 2021.

CARLOTTO, M. S. et al. Preditores da adição ao trabalho em trabalhadores que utilizam tecnologias de informação e comunicação. Temas psicol., Ribeirão Preto, v. 22, n. 2, p. 377-387, dez. 2014. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-389X2014000200010&lng=pt&nrm=iso. Acesso em 02 ago. 2021.

COSTA, Á. DE C. AS INJUNÇÕES AOS DOCENTES NA UNIVERSIDADE PÚBLICA: DE INTELECTUAIS A TRABALHADORES POLIVALENTES. Trabalho Educação e Saúde, v. 14, n. suppl 1, p. 175–195, 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/j/tes/a/jsPHyJqLNNLwycQhxNPF6QD/abstract/?lang=pt. Acesso em 24 out. 2021.

CHARCZUK, S. B. Sustentar a Transferência no Ensino Remoto: docência em tempos de pandemia. Educação e realidade, v. 45, n. 4, 2020. Disponível em: https://www.scielo.br/j/edreal/a/S7dGKjBx7Ch4FxCwVc93pVg/?lang=pt#. Acesso em 04 set. 2021.

FACCI, M. G. D.; URT, S. DA C.; BARROS, A. T. F. Professor readaptado: a precarização do trabalho docente e o adoecimento. Psicologia Escolar e Educacional, v. 22, n. 2, p. 281–290, 2018. Disponível em: https://www.scielo.br/j/pee/a/Fp3LN9tv4Ym9QfpV8dfGyLS/abstract/?lang=pt. Acesso em 24 out. 2021.

FELTRIN, T.; LAMPER, B., N. Autoformação docente em tempos de pandemia: da (im)possibilidade da reinvenção sem cuidado de si. Revista Educ@ção Científica, v. 4, n. 8, p. 1017–1029, 2020. Disponível em: https://redib.org/Record/oai_articulo2950136-autoforma%C3%A7%C3%A3o-docente-em-tempos-de-pandemia-da-impossibilidade-da-reinven%C3%A7%C3%A3o-sem-cuidado-de-si. Acesso em 02 ago. 2021.

FIOR, C. A.; MARTINS, M. J. A docência universitária no contexto de pandemia e o ingresso no ensino superior. Revista Docência do Ensino Superior, Belo Horizonte, v. 10, p. 1–20, 2020. DOI: 10.35699/2237-5864.2020.24742. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/rdes/article/view/24742. Acesso em 18 jun. 2021.

GOMES, N. P. et al. Saúde mental de docentes universitários em tempos de covid-19. Saúde e Sociedade, v. 30, n. 2, 2021. Disponível em: https://www.scielo.br/j/sausoc/a/dnj4CRy6xHm3VMzsYy6QJ9c/. Acesso em 02 fev. 2022.

GUSSO, H. L. et al. Ensino superior em tempos de pandemia: diretrizes à gestão universitária. Educação & Sociedade, v. 41, 2020. Disponível em: https://www.scielo.br/j/es/a/8yWPh7tSfp4rwtcs4YTxtfr/?lang=pt. Acesso em 17 jan. 2022.

HAN, B.C. Sociedade do cansaço. Petrópolis: Vozes, 2017.

JACKSON, J. M.; ALGRANTI, E. Desafios e paradoxos do retorno ao trabalho no contexto da pandemia de COVID-19. Revista Brasileira de Saúde Ocupacional, v. 45, 2020. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbso/a/VQJYf5Bbfpv4sTRDxjHb78C/?lang=pt#:~:text=2317%2D6369ED0000220%20copiar-,Desafios%20e%20paradoxos%20do%20retorno%20ao%20trabalho,da%20pandemia%20de%20COVID%2D19&text=1)%20A%20vigil%C3%A2ncia%20deve%20ser,e%20rastrear%20todos%20os%20contatos. Acesso em 18 jun. 2021.

LEMOS, A. H. D. A. C.; BARBOSA, A. D. E. O.; MONZATO, P. P. Mulheres em home office durante a pandemia da covid-19 e as configurações do conflito trabalho-família. RAE, v. 60, n. 6, p. 388–399, 2020. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rae/a/9WS6pYzLdhWY6qWwDXTKTsN/?lang=pt. Acesso em 24 out. 2021.

LOCATELLI, C. Os professores no ensino superior brasileiro: transformações do trabalho docente na última década. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, v. 98, n. 248, 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbeped/a/DR6H3jJ5qZvGJF4dTLrpWzh/abstract/?lang=pt. Disponível em 04 dez. 2021.

SANTOS, G. M. R. F. DOS; SILVA, M. E. DA; BELMONTE, B. DO R. COVID-19: emergency remote teaching and university professors’ mental health. Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil, v. 21, n. suppl 1, p. 237–243, 2021. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbsmi/a/b3TVbVHcCZRxkVZPFPK6PHF/?lang=pt. Acesso em 17 jun. 2021.

SILVA, A. F. D. A. et al. Saúde mental de docentes universitários em tempos de pandemia. Physis (Rio de Janeiro, Brazil), v. 30, n. 2, 2020. Disponível em: https://www.scielo.br/j/physis/a/yx7V4TkBTMGZdthMQmyQy7R/?lang=pt. Acesso em 04 dez. 2021.

SILVA, S. M. F.; OLIVEIRA, Á. DE F. Burnout em professores universitários do ensino particular. Psicologia Escolar e Educacional, v. 23, 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/j/pee/a/T7jDvSM96f5V6tRqgbJZZTk/?lang=pt. Acesso em 17 jun. 2021.

SILVEIRA, A. P.; PICCIRILLI, G. M. R.; OLIVEIRA, M. E. DE. Os desafios da educação à distância e o ensino remoto emergencial em meio a pandemia da covid-19. Revista Eletrônica da Educação, v. 3, n. 1, p. 114–127, 2020. Disponível em: http://revista.fundacaojau.edu.br:8078/journal/index.php/revista_educacao/article/view/224. Acesso em 24 out. 2021.

SOUZA, K. R. DE et al. Trabalho remoto, saúde docente e greve virtual em cenário de pandemia. Trabalho Educação e Saúde, v. 19, 2021. Disponível em: https://www.scielo.br/j/tes/a/RrndqvwL8b6YSrx6rT5PyFw. Acesso em 02 fev. 2022.

Downloads

Publicado

2023-10-19

Como Citar

DIAS, L. M.; MATOS, T. G. R. TRABALHO DOCENTE NO ENSINO SUPERIOR PARTICULAR DURANTE A VIRTUALIZAÇÃO DO ENSINO NA PANDEMIA DA COVID-19. Trabalho & Educação, Belo Horizonte, v. 32, n. 2, p. 116–127, 2023. DOI: 10.35699/2238-037X.2023.41725. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/trabedu/article/view/41725. Acesso em: 3 mar. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS