A RELAÇÃO ENTRE A EDUCAÇÃO E O TRABALHO, NO CONTEXTO DO ACTUAL PROCESSO DE 'CAPITALIZAÇÃO' DA ACTIVIDADE EDUCATIVA / The relationship between education and work, in the context of the present process of 'capitalization' of educational activity

Autores

  • Leopoldo Mesquita Universidade do Porto

Palavras-chave:

Capitalização da actividade educativa, Relação educação-trabalho, Trabalho escolar, Trabalho produtivo.

Resumo

O presente artigo pretende ser um contributo para um novo quadro teórico destinado a analisar a relação entre a educação e o trabalho nas sociedades actuais, o qual se baseia no reconhecimento de um processo de transformação capitalista da actividade educativa, aqui considerado como representando a tendência dominante nas políticas educativas do presente. Tomámos como objecto de estudo a realidade e as mudanças educativas nos Estados Unidos da América no último meio século, designadamente as que tiveram lugar a partir da publicação do relatório Uma Nação em Risco, com base no qual foi desencadeada, a partir dos círculos dirigentes deste país, o que se pretende que seja uma revolução educativa, assente na divisa "excelência para todos". O processo de capitalização que caracteriza esta revolução educativa tende a anular a diferença entre "aluno" e "trabalhador", e entre "escola" e "fábrica", suprimindo do mesmo passo as barreiras qualitativas e temporais entre o trabalho no meio escolar e o trabalho produtivo em geral, o que consubstancia uma alteração profunda na relação entre educação e trabalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-10-06

Como Citar

MESQUITA, L. A RELAÇÃO ENTRE A EDUCAÇÃO E O TRABALHO, NO CONTEXTO DO ACTUAL PROCESSO DE ’CAPITALIZAÇÃO’ DA ACTIVIDADE EDUCATIVA / The relationship between education and work, in the context of the present process of ’capitalization’ of educational activity. Trabalho & Educação, Belo Horizonte, v. 18, n. 2, p. 171–191, 2010. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/trabedu/article/view/8643. Acesso em: 26 jan. 2023.

Edição

Seção

ARTIGOS