AUTONOMIA PROFISSIONAL: UM ESTUDO DE CASO COMPARATIVO ENTRE A PERCEPÇÃO DE UM ENFERMEIRO DA REDE PÚBLICA VERSUS REDE HOSPITALAR

Autores

  • Isoléia Romagna Unesc
  • Luciane Bisognin Ceretta UNESC
  • Rosane Maria dos Santos UNESC
  • Maria Tereza Zanini Unesc
  • Sonia Maria Correia Unesc

Palavras-chave:

Autonomia, Enfermeiro.

Resumo

A pesquisa intitulada “Autonomia profissional: um estudo de caso comparativo entre a percepção de um enfermeiro da rede pública versus rede hospitalar”, objetivou identificar a concepção destes enfermeiros acerca de autonomia. Foi desenvolvido no mês de abril e maio de 2008; em uma UBS_ESF e um hospital de Criciúma/SC. A coleta de dados se deu por entrevista, após assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Encontramos conceitos de autonomia diversificados, que variaram entre autonomia do faço o que quero até autonomia que respeita os saberes e ouve os demais membros da equipe (Segundo Heller). Porém, ainda se encontra velado nos princípios da autonomia questões que se relacionam com poder sobre o outro. É necessário que as academias discutam mais as questões filosóficas da autonomia do enfermeiro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Isoléia Romagna, Unesc

Academica de enfermagem da Unesc, bolsista de iniciaçao cientifica

Luciane Bisognin Ceretta, UNESC

Mestre em Enfermagem, Doutoranda em Ciências da Saúde, Coordenadora Adjunta do Curso de Enfermagem, Coordenadora da Unidade Acadêmica da Saúde, Coordenadora do NEPIES.

Rosane Maria dos Santos, UNESC

Mestranda em ciencias da saúde, docente do curso de enfermagem da Unesc, membra do NEPIES

Maria Tereza Zanini, Unesc

Especialista, docente do curso de enfermagem, membra do NEPIES

Sonia Maria Correia, Unesc

Especialista, docente do curso de enfermagem da Unesc, membra do NEPIES

Downloads

Publicado

2012-02-16

Como Citar

ROMAGNA, I.; CERETTA, L. B.; DOS SANTOS, R. M.; ZANINI, M. T.; CORREIA, S. M. AUTONOMIA PROFISSIONAL: UM ESTUDO DE CASO COMPARATIVO ENTRE A PERCEPÇÃO DE UM ENFERMEIRO DA REDE PÚBLICA VERSUS REDE HOSPITALAR. Trabalho & Educação, Belo Horizonte, v. 20, n. 2, p. 11–18, 2012. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/trabedu/article/view/8683. Acesso em: 28 nov. 2021.

Edição

Seção

ARTIGOS