O NEOLIBERALISMO E A CRISE EDUCACIONAL EM SÃO PAULO NA ATUALIDADE / The neo-liberalism and educational crisis today in the State of São Paulo, Brazil

Autores

  • Afonso Soares de Oliveira Sobrinho FADISP

Palavras-chave:

Globalização. Neoliberalismo. Políticas de Educação.

Resumo

O processo atual da globalização econômica se traduz em mais desigualdade social em especial para os países periféricos, inclusive o Brasil, pela adoção do modelo neoliberal. As políticas públicas de educação passam pelo controle do poder econômico sobre o político que se traduz no aumento do capital privado nacional e estrangeiro no ensino, precarização do trabalho, prevalência da mais-valia absoluta, adoção de apostilas no ensino básico, e políticas sociais assistencialistas. As novas tecnologias não têm cumprido uma função educativa e são, na verdade, instrumentos de informações para o consumo, de banalização da violência e de coisificação das pessoas, gerando uma deformação social desde a infância até a vida adulta. Faz-se urgente uma mudança de paradigma por parte do Estado de São Paulo por meio de uma educação que permita a emancipação humana e a transformação social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Afonso Soares de Oliveira Sobrinho, FADISP

Doutorando em Direito pela Fadisp. Mestre em Políticas Sociais pela Unicsul. Advogado.

Downloads

Publicado

2012-09-11

Como Citar

OLIVEIRA SOBRINHO, A. S. de. O NEOLIBERALISMO E A CRISE EDUCACIONAL EM SÃO PAULO NA ATUALIDADE / The neo-liberalism and educational crisis today in the State of São Paulo, Brazil. Trabalho & Educação, Belo Horizonte, v. 21, n. 2, p. 113–129, 2012. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/trabedu/article/view/8733. Acesso em: 18 maio. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos Semelhantes

> >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.