IMPLICAÇÕES DA POLÍTICA DE PROFISSIONALIZAÇÃO SOBRE A GESTÃO E O TRABALHO DOCENTE

Autores

  • Eneida Oto Shiroma

Palavras-chave:

Educação, trabalho docente, profissionalização

Resumo

A noção de profissionalização ressurge com força nos discursos educacionais da virada do século. Uma ênfase na profissionalização de docentes e gestores têm sido observada do contexto global ao local. Neste artigo, pretendemos discutir a política de profissionalização docente articulada às mudanças que estão sendo implementadas no campo da gestão educacional. A influência do gerencialismo na educação pode ser verificada na linguagem e, fundamentalmente, na reorientação das práticas de gestão que se desenvolvem no interior das instituições educacionais. Promove a individualização, a destruição de solidariedades e introduz novas formas de regulação da educação.


Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

SHIROMA, E. O. IMPLICAÇÕES DA POLÍTICA DE PROFISSIONALIZAÇÃO SOBRE A GESTÃO E O TRABALHO DOCENTE. Trabalho & Educação, Belo Horizonte, v. 13, n. 2, p. 113–125, 2012. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/trabedu/article/view/8937. Acesso em: 5 dez. 2021.

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.