“TRAMA DOCE-AMARGA”: AFINAL, ACABOU A EXPLORAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL NO CAMPO CANAVIEIRO DE PERNAMBUCO? / About the "Sweet-Bitter Plot": after all, has the children labor exploitation in the forest cane zone of Pernambuco state finished?

Autores

  • Mauricio Roberto da Silva Unochapecó

Palavras-chave:

Exploração do Trabalho Infantil, Cana-de-açúcar, Estatísticas oficiais

Resumo

Este texto faz parte de uma pesquisa, cujo objetivo principal é "problematizar sobre o desvendamento da névoa de fumaça que encobre o fetiche dos dados estatísticos oficiais sobre a exploração do trabalho infantil na Zona da Mata canavieira pernambucana". A investigação buscou revisitar as pesquisas que problematizam os dados estatísticos da exploração do trabalho de crianças na região.As conclusões provisórias apontam para uma manipulação dos dados estatísticos oficiais, que levam em conta apenas os dados quantitativos, sem nenhum questionamento sobre suas dimensões qualitativas. Percebe-se que os discursos ideológicos sobre o fetiche da diminuição ou da suposta erradicação da exploração do trabalho infantil estão diretamente atrelados à propaganda ideológica da inclusão social, em especial, cujo cerne é o Programa Bolsa Família. Aponta-se a necessidade da realização de mais pesquisas nas universidades e do efetivo envolvimento dos movimentos sociais e sindicatos na luta contra o uso político-ideológico dos dados estatísticos oficiais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-03-14

Como Citar

SILVA, M. R. da. “TRAMA DOCE-AMARGA”: AFINAL, ACABOU A EXPLORAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL NO CAMPO CANAVIEIRO DE PERNAMBUCO? / About the "Sweet-Bitter Plot": after all, has the children labor exploitation in the forest cane zone of Pernambuco state finished?. Trabalho & Educação, Belo Horizonte, v. 21, n. 3, p. 135–152, 2013. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/trabedu/article/view/9081. Acesso em: 9 fev. 2023.