A FUNÇÃO DESEMPENHADA PELA CONCLUSÃO DO ENSINO MÉDIO NA SELEÇÃO E CONTRATAÇÃO DE TRABALHADORES PARA A INDÚSTRIA | The role of high school graduation in the selection and hiring of workers for the industry

Autores

  • Inge Renate Frose Suhr Centro Universitário Internacional - Uninter

Palavras-chave:

Ensino médio, Inserção no trabalho, Trabalho e educação | High school, Work insertion, Work and education

Resumo

This paper deals with the role that high school education plays in the formation of workers, in view of its integration into the working world. Take a theoretical and methodological reference of historical materialism in parallel to the case study done with two companies that are in the most dynamic end of the production chain in the manufacturing sector of automotive vehicles of Curitiba and Greater Region. The question that guided the research was: the completion of high school has favored worker insertion in industries that are in the most dynamic end of the production chain? After analyzing the type of work performed in the production line, as well as the criteria for selecting and hiring workers, it was evident that high school is mediate requirement, not immediately, for entering the most dynamic companies in the chain, where the experience is decisive; high school general education, in these companies, is the cutoff point in the selection process. 

___


Este texto trata da função desempenhada pelo Ensino Médio na formação dos trabalhadores, tendo em vista sua inserção no mundo do trabalho. Toma por referência teórica e metodológica o materialismo histórico e se apoia num estudo de caso realizado em duas empresas que se situam na ponta mais dinâmica da cadeia produtiva no ramo de fabricação de veículos automotores de Curitiba e região metropolitana. A questão que norteou a pesquisa foi: a conclusão do Ensino Médio tem favorecido a inserção do trabalhador nas indústrias que se encontram na ponta mais dinâmica da cadeia produtiva? Após analisar o tipo de trabalho executado na linha de produção, bem como os critérios de seleção e contratação de trabalhadores, evidenciou-se que o Ensino Médio é um requisito relevante para o ingresso nas empresas mais dinâmicas da cadeia, mas não o fator decisivo, que é a experiência. A exigência de conclusão do Ensino Médio se dá, principalmente, como ponto de corte nos processos seletivos e pela expectativa de possibilitar ao trabalhador condições para participar dos treinamentos internos. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Inge Renate Frose Suhr, Centro Universitário Internacional - Uninter

Doutora em educação pela UFPR (2014) com tese intitulada: Ensino Médio: possibilidade de ampliação da inserção laboral da classe que vive do trabalho? Cursou Pedagogia pela Universidade Federal do Paraná (1982) e mestrado em Educação pela mesma instituição(2004). Atualmente é professora adjunta em cursos de licenciatura no Centro Universitário Uninter, instituição na qual atua também como Coordenadora Pedagógica. Coordenou cursos de pós-graduação na modalidade EAD (2008-2010) e atualmente leciona nos cursos de Letras e Pedagogia nesta modalidade, bem como em pós-graduações da área educacional. Atua também no curso presencial de Pedagogia (desde 2001), lecionando disciplinas e orientando trabalhos de curso relacionados aos seguintes temas: Ensino médio e Educação profissional, Teorias do Conhecimento Pedagógico, Organização do Trabalho Pedagógico, Currículo. Tem experiência como docente e pedagoga em todos os níveis de Ensino, foi professora e coordenadora de curso de formação de professores em nível médio no período compreendido entre 1990 e 2000. Tem como principais temas de pesquisa: a) relação educação e trabalho; b) desenvolvimento profissional docente (foco no docente de ensino superior)

Downloads

Publicado

2016-10-23

Como Citar

SUHR, I. R. F. A FUNÇÃO DESEMPENHADA PELA CONCLUSÃO DO ENSINO MÉDIO NA SELEÇÃO E CONTRATAÇÃO DE TRABALHADORES PARA A INDÚSTRIA | The role of high school graduation in the selection and hiring of workers for the industry. Trabalho & Educação, Belo Horizonte, v. 25, n. 2, p. 113–124, 2016. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/trabedu/article/view/9489. Acesso em: 29 nov. 2021.

Edição

Seção

ARTIGOS