SISTEMA DE APOSTILAMENTO: ESTRATÉGIA DO CAPITAL E OFENSIVA CONTRA A PROPOSTA DE EDUCAÇÃO DO MST / Apostillation system: capital and offensive strategy against the MST education proposal

Autores

  • Elodir Lourenço de Souza IFC/Campus Abelardo Luz
  • Adriana D'Agostini UFSC

Palavras-chave:

Sistema de apostilamento, Empresariamento da educação, Educação do MST, Apostille system, Education entrepreneurship, MST education

Resumo

This article has as object of study the apostille system, specifically its implementation in a settlement school of agrarian reform. The contradictions between the Apostille System, as part of the entrepreneurial approach to education, and the MST Education Proposal were analyzed. The current context of capital's offensive in education was considered, through the process of privatization, commodification and entrepreneurship of Brazilian public education. Four methodological instruments were used: participant observation; documentary study of the Pedagogical Political Projects 2010 and 2015 of EEIF Nossa Senhora Aparecida. The analysis of the data allowed us to verify that the Apostille System is one of the intervention strategies of capital in public education and we conclude that the same thing is in an antagonistic relation and is an offensive against the Education Proposal of the MST, eliminating the school studied.

___

Este artigo tem como objeto de estudo o sistema de apostilamento, especificamente sua implementação em uma escola de assentamento de reforma agrária. Analisaram-se as contradições existentes entre o Sistema de Apostilamento, como parte do empresariamento da educação, e a Proposta de Educação do MST. Para tanto, considerou-se o contexto atual de ofensiva do capital na educação, através do processo de privatização, mercantilização e empresariamento da educação pública brasileira. Os procedimentos metodológicos para este artigo foram a observação participante e o estudo documental dos Projetos Políticos Pedagógicos 2010 e 2015 da EEIF Nossa Senhora Aparecida, além de estudo bibliográfico sobre o Sistema de Apostilamento, o empresariamento da educação e a Proposta de Educação do MST. A análise dos dados gerados permitiu constatar que o Sistema de Apostilamento é uma das estratégias de intervenção do capital na educação pública e concluímos que o mesmo está em uma relação antagônica e é uma ofensiva contra a Proposta de Educação do MST, eliminando-a da referida escola.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elodir Lourenço de Souza, IFC/Campus Abelardo Luz

Educação do campo/Instituto Federal Catarinense-Campus Avançado Abelardo Luz

Adriana D'Agostini, UFSC

Departamento de Estudos Especializados em Educação do Centro de Ciências da Educação da Universidade Federal de Santa Catarina

Downloads

Publicado

2018-11-27

Como Citar

SOUZA, E. L. de; D’AGOSTINI, A. SISTEMA DE APOSTILAMENTO: ESTRATÉGIA DO CAPITAL E OFENSIVA CONTRA A PROPOSTA DE EDUCAÇÃO DO MST / Apostillation system: capital and offensive strategy against the MST education proposal. Trabalho & Educação, Belo Horizonte, v. 27, n. 2, p. 115–133, 2018. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/trabedu/article/view/9778. Acesso em: 16 out. 2021.

Edição

Seção

ARTIGOS