"Branco não entende índio...": o imaginário sobre o conflito Guarani

  • Cláudio Baptista Carle Universidade Federal de Pelotas
Palavras-chave: Imaginário, Guarani, Arqueologia

Resumo

Estudo a partir do Imaginário sobre o conflito entre os índios Guarani antes e com o processo da conquista. As reflexões são baseadas nos estudos antropológicos na sua ramificação conhecida como arqueologia. O estudo avalia a criação de uma imagem de um Guarani guerreiro. Analisando no campo do Imaginário verifica-se que há uma transposição das imagens européias da guerra e conflito para os índios, sem considerar que não eram as imagens que o próprio Guarani carregava e carrega de si e do conflito. Os Mitos Guarani estão muito distantes dos Mitos dos Europeus assim a linguagem de um não se sobrepõe a do outro. A guerra aludida a eles é uma imagem ocidental e não uma imagem Guarani.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2015-12-31
Como Citar
Carle, C. B. (2015). "Branco não entende índio.": o imaginário sobre o conflito Guarani. Vestígios - Revista Latino-Americana De Arqueologia Histórica, 9(2), 67-104. https://doi.org/10.31239/vtg.v9i2.10573
Seção
Artigos