A faiança portuguesa entre os séculos XVIII e XIX

  • Beatriz Bandeira
Palavras-chave: faiança portuguesa, Paço Imperial, arqueologia histórica

Resumo

A faiança portuguesa é bastante encontrada em sítios históricos a partir do período colonial, mas um utensílio doméstico pouco estudado na arqueologia brasileira. Estando a par dos novos conhecimentos sobre o tema, a partir de recentes estudos da arqueologia portuguesa, um projeto de mestrado foi desenvolvido em torno das faianças oriundas do edifício histórico Paço Imperial (Praça XV de Novembro, centro do Rio de Janero). Foi realizada a identificação cronológica de suas variantes estilísticas, e a síntese de informações de diferentes coleções originadas, tanto de particulares, quanto de sítios arqueológicos. Os resultados informam a produção de faiança portuguesa ao longo de 300 anos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2013-12-31
Como Citar
Bandeira, B. (2013). A faiança portuguesa entre os séculos XVIII e XIX. Vestígios - Revista Latino-Americana De Arqueologia Histórica, 7(2), 109-144. https://doi.org/10.31239/vtg.v7i2.10608
Seção
Artigos