Entre a permissão e a interdição do lugar: o passado idealizado na cerâmica da Cidade de Goiás

  • Gislaine Valério de Lima Tedesco Universidade Federal de Goiás
Palavras-chave: Arqueologia Histórica, Cidade de Goiás, Utensílios Cerâmicos

Resumo

Neste artigo analiso as reações da comunidade vilaboense diante dos resultados da pesquisa arqueológica realizada na cidade de Goiás (GO). A cerâmica encontrada nas escavações aponta a participação do negro africano e seus descendentes escravizados em Vila Boa de Goiás, nos séculos XVIII e XIX, na confecção de utensílios cerâmicos utilizados pela população em geral. Porém, para muitos agentes da cidade sua tradição oleira é uma herança indígena, não reconhecendo a participação dos negros neste processo. Busco então, refletir sobre o que poderia ocultar e silenciar este processo de atribuição de uma outra identidade aos ceramistas do passado.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2013-06-30
Como Citar
Tedesco, G. V. de L. (2013). Entre a permissão e a interdição do lugar: o passado idealizado na cerâmica da Cidade de Goiás. Vestígios - Revista Latino-Americana De Arqueologia Histórica, 7(1), 147-174. https://doi.org/10.31239/vtg.v7i1.10616
Seção
Artigos