Investigaciones preliminares de Arqueologia Histórica lobera en la Isla Alejandro Selkirk, Archipiélago de Juan Fernández (Chile)

Autores

  • Rubén Stehberg Museo Nacional de Historia Natural

DOI:

https://doi.org/10.31239/vtg.v5i2.10657

Palavras-chave:

Exploração foqueira, Costa chilena, Expansão do capitalismo

Resumo

O artigo trata de uma visita de reconheciento às instalações arquitetônicas existentes na playa Lobería, da ilha Alejandro Selkirk, do arquipélago Juan Fernández, efetuada em 2005 como parte de uma expedição do Museu Nacional de História Natural (Chile). A partir de uma análise bibliográficas geral e da experiência arqueológica obtida nas ilhas Shetland do Sul, se postula que as extensas e variadas estruturas existentes formaram parte de um complexo habitacional industrial-agrícola-pecuário para a exploração do lobo marinho, e que por sua magnitude permitiu o estabelecimente de uma população semi-permanente de peles e subprodutos do óleo e gordura, destinados a mercados existentes no Hemisfério Norte, dentro da lógica do processo de expansão do sistema capitalista em finais do século XVIII e princípios do seguinte.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-12-31

Como Citar

Stehberg, R. (2011). Investigaciones preliminares de Arqueologia Histórica lobera en la Isla Alejandro Selkirk, Archipiélago de Juan Fernández (Chile). Vestígios - Revista Latino-Americana De Arqueologia Histórica, 5(2), 141-156. https://doi.org/10.31239/vtg.v5i2.10657

Edição

Seção

Artigos