La emergencia de las ciudades puerto-pueta en la actividad y dinámica Antártica. El caso de Punta Arenas, Chile

  • Nelson Soto Santibañez Universidad Catolica del Norte y Universidad de Tarapacá
Palavras-chave: Porto-porta, Punta Arenas, Espaço Antártico

Resumo

A partir de elementos históricos e situações contemporâneas, o artigo relata uma sucessão de eventos que moldaram a cidade de Punta Arenas, como uma ligação internacional na dinâmica global dos fluxos antárticos. Assume-se que as cidades porto-porta são nós indispensáveis dentro da mesma atividade e ocupação humana da Antártica, o que implica que a dinâmica de ocupação necessita desses espaços intermediários. São aqui analisados como tais ligações têm sido gestadas entre Chile, Punta Arenas y Antártica, descrevendo o processo de surgimento e de montagem de instituições, instrumentos e associações entre agentes públicos e privados como sede em Punta Arenas. Espera-se contribuir para o conhecimento dessas cidades e seu papel na construçao do espaço antártico.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2011-06-30
Como Citar
Santibañez, N. S. (2011). La emergencia de las ciudades puerto-pueta en la actividad y dinámica Antártica. El caso de Punta Arenas, Chile. Vestígios - Revista Latino-Americana De Arqueologia Histórica, 5(1), 63-93. https://doi.org/10.31239/vtg.v5i1.10662
Seção
Artigos