Concepções de agência em interpretação arqueológica

  • Matthew H. Johson
Palavras-chave: Agência

Resumo

Muito da polêmica literatura associada à arqueologia "pós-processual", "contextual", ou "estrutural e simbólica" enfatiza significativamente o papel "do individuo" como agente social ativo na promoção de mudanças históricas, bem como a inadequação de uma abordagem interpretativa holística que nega, evita e ignora essa agência. Mesmo assim, a contenda deste trabalho é que o problema não fora remediado nos estuos de caso que acompanham tais assuntos polêmicos. O indivíduo tem sdo triunfalmente restabelecido ao centro do palco em teoria, mas sileciosamente relegado as laterais, quando não excluído do roteiro por completo, na prática.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2010-12-31
Como Citar
Johson, M. H. (2010). Concepções de agência em interpretação arqueológica. Vestígios - Revista Latino-Americana De Arqueologia Histórica, 4(2), 148-173. https://doi.org/10.31239/vtg.v4i2.10671
Seção
Artigos