O naufrágio das nozes (Palhoça, SC): um estudo de caso de Arqueologia Subaquática de Contrato no Brasil

  • Leandro Domingues Duran NEPAM/Unicamp
  • Paulo Bava de Camargo Zanettini Arqueologia e NEPAM/Unicamp
  • Flávio Rizzi Calippo NEPAM/Unicamp
  • Lúcia Juliani Alasca Consultoria
Palavras-chave: Arqueologia Subaquática, Palhoça, Santa Catarina, Embarcação

Resumo

Este artigo apreenta um estudo de caso de Arqueologia Subaquática desenvolvido na região da ponta do Pisca-Pisca, município de Palhoça, SC, Brasil, como parte dos procedimentos de licenciamento ambiental para empreendimentos de grande porte. Como resultado, foi identificado um sítio arqueológico submerso, compos por destroços de uma antiga embarcação. A natureza componencial do sítio inclui um utensílio cerâmico de origem indígena, alguns fragmentos do madeirame da embarcação, pedaços de couro e de cordoaria, peças de ferro, além de diversos elementos de origem alimentar.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2010-06-30
Como Citar
Duran, L. D., Bava de Camargo, P., Calippo, F. R., & Juliani, L. (2010). O naufrágio das nozes (Palhoça, SC): um estudo de caso de Arqueologia Subaquática de Contrato no Brasil. Vestígios - Revista Latino-Americana De Arqueologia Histórica, 4(1), 10-33. https://doi.org/10.31239/vtg.v4i1.10698
Seção
Artigos