Cama adentro: borrador de una Arqueología crítica de las dependencias de servicio

  • Carlos R. Belotti López de Medina Museo Etnográfico J. B. Ambrosetti (UBA)
Palavras-chave: Buenos Aires, Arqueologia Social, Dependências

Resumo

Apresento aqui uma interpretação crítica da posição das dependências de serviço nos apartamento de classe médio da cidade de Buenos Aires. Tal interpretação se baseia em um concepção de cultura material que considera os edifícios como signos materiais, portadores de um conteúdo ideológico que é percebido e atualizado contidianamente por seus habitantes. A partir da análise formal de oito apartamentos com dependências de serviço, pude concluir que o espaço doméstico está estruturado de acordo às relações de gênero e classe. Esta organização facilitaria a reprodução cotidiana da distância social, e contribuiria a transpor aos corpos de seus ocupantes disposições que possibilitam a experiência naturalizada da desigualdade.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2008-12-31
Como Citar
Medina, C. R. B. L. de. (2008). Cama adentro: borrador de una Arqueología crítica de las dependencias de servicio. Vestígios - Revista Latino-Americana De Arqueologia Histórica, 2(2), 8-37. https://doi.org/10.31239/vtg.v2i2.10716
Seção
Artigos