Caminhos e percepções que constituem paisagens

  • Adriana Fraga da Silva Centro Universitário Metodista, PPGH/PUCRS
Palavras-chave: Arqueologia da Paisagem, Caminho dos Conventos, Movimento

Resumo

A partir de alguns roteiros de viagens e das notícias práticas enviadas ao Padre matemático Diogo Soares, por Souza e Faria e pelo piloto José Inácio, procuro aproximar-me das experiências destes homens com a paisagem no processo de estabelecimento do Caminho dos Conventos (elaborado para escoamento de gado e povoamento de novas áreas). Busco um caminho interpretativo para analisar as relações dos transeuntes com o espaço, com os lugares que estes denominaram e adjetivaram na construção de referenciais de deslocamento e condutas de movimentação. Ao terem identificado, denominado, descrito e atribuído diferentes significados aos lugares e pontos de destaque do relevo, os autores criaram e vivenciaram paisagens, através de suas formas de ver, viver e dar sentido a um espaço.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2007-12-31
Como Citar
da Silva, A. F. (2007). Caminhos e percepções que constituem paisagens. Vestígios - Revista Latino-Americana De Arqueologia Histórica, 1(2), 39-50. https://doi.org/10.31239/vtg.v1i2.10729
Seção
Artigos