Arqueologias de futuros e presentes emergentes

Autores

  • Rodney Harrison UCL Institute of Archaeology
  • Marian Petry Cabral Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.31239/vtg.v12i2.12200

Palavras-chave:

Patrimônios, Futuros, Métodos Arqueológicos Etnográficos

Resumo

Este artigo traça a genealogia do subcampo que ficou conhecido como “arqueologia do passado contemporâneo” e argumenta por sua maior integração com o campo expandido da arqueologia histórica. Um dos desafios centrais da arqueologia nas próximas décadas será encontrar um modo de se engajar com fenômenos emergentes, contemporâneos e sócio materiais e, consequentemente, com questões – tanto contemporâneas quanto futuras – de interesse ecológico, social, político e econômico. Partindo do quadro de um novo projeto de pesquisa interdisciplinar, colaborativo e internacional – Futuros do Patrimônio – que procura compreender os processos material-discursivos do patrimônio e de outros campos similares como formas distintivas de práticas de construção de futuros (future-assembling) através da aplicação de um conjunto de métodos arqueológicos etnográficos, o artigo conclui que o potencial para um campo expandido da arqueologia histórica reside na sua habilidade de engajar-se com futuros emergentes através de arqueologias etnográficas que estejam sintonizadas com aspectos sociomateriais dessas (e de outras) práticas de construção de futuros (future-assembling).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-03-16

Como Citar

Harrison, R., & Cabral, M. P. (2019). Arqueologias de futuros e presentes emergentes. Vestígios - Revista Latino-Americana De Arqueologia Histórica, 12(2), 83–104. https://doi.org/10.31239/vtg.v12i2.12200

Edição

Seção

Artigos