As diversidades socioeconômico-culturais e a saúde bucal: representações do processo saúde-doença de usuários das clínicas da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Pará

  • Danielle Tupinambá Emmi Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Pará
  • Fabienne de Freitas Rodrigues Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Pará
  • Marizeli Viana de Aragão Araújo Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Pará
  • Regina Fátima Feio Barroso Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Pará

Resumo

Objetivo: Identificar o perfil socioeconômico-cultural, as representações do processo saúde-doença e as expectativas e satisfação dos usuários das clínicas da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Pará (FO-UFPA) quanto ao atendimento ofertado.

Métodos: Trata-se de um estudo transversal, realizado com 170 usuários que procuravam/aguardavam atendimento na FO-UFPA nos meses de abril e maio de 2019. Foi utilizado um questionário semiestruturado contendo perguntas abertas e fechadas, aplicados por uma única pesquisadora. Os dados coletados foram analisados de forma qualitativa e quantitativa. As respostas às questões abertas foram transformadas em categorias para serem analisadas de forma descritiva e por meio da associação de variáveis utilizando o teste de Contigência C, no programa BioEstat 5.5 com nível de significância α = 0,05.

Resultados: Quanto ao perfil dos usuários constatou-se que a maioria é do sexo feminino (70,6%), de 36 a 59 anos (55,9%), heterossexual (96,5%), pardo (70,6%), evangélico (47,0%), com renda de até 2 salários mínimos (48,8%) e com ensino médio completo (40,6%). Constatou-se que a escolaridade tem associação com as representações do processo saúde-doença, assim como, a faixa etária está associada às percepções e satisfação com relação ao serviço ofertado nas clínicas de ensino da FO-UFPA. Quanto à satisfação ao atendimento recebido nas clínicas, 48,2% dos entrevistados se declarou satisfeito ou muito satisfeito (45,3%).

Conclusão: As clínicas da FO-UFPA são procuradas por diferentes grupos socioeconômico-culturais, com representações e definições limitadas do processo saúde-doença. Há expectativas positivas e satisfação com o atendimento recebido.

Descritores: Determinantes sociais da saúde. Processo saúde-doença. Diversidade cultural. Satisfação do paciente. Promoção da saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Danielle Tupinambá Emmi, Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Pará

Doutora em Ciências Odontológicas (Dentística). Professora de Odontologia em Saúde Coletiva da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Pará

Fabienne de Freitas Rodrigues, Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Pará

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade Federal do Pará

Marizeli Viana de Aragão Araújo, Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Pará

Doutora em Doenças Tropicais. Professora de Odontologia em Saúde Coletiva da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Pará.

Regina Fátima Feio Barroso, Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Pará

Doutora em Odontologia Social. Superintendente do Complexo Hospitalar da Universidade Federal do Pará – Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH).

Publicado
2020-05-30
Como Citar
Emmi, D. T., Rodrigues, F. de F., Araújo, M. V. de A., & Barroso, R. F. F. (2020). As diversidades socioeconômico-culturais e a saúde bucal: representações do processo saúde-doença de usuários das clínicas da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Pará. Arquivos Em Odontologia, 56. https://doi.org/10.7308/aodontol/2020.56.e13
Seção
Artigos