ALUNOS FORMANDOS E PROFISSIONAIS DE ODONTOLOGIA ESTÃO CAPACITADOS PARA RECONHECEREM SITUAÇÕES EM EMERGÊNCIA MÉDICA E UTILIZAREM PROTOCOLOS DE ATENDIMENTO ?

  • Eliana Lago Silva Universidade Federal do Pará -UFPA

Resumo

Avaliar o nível de conhecimento do uso de protocolos de urgência e/ou emergência médica dos alunos formandos em Odontologia de Instituições de Ensino Superior, no ano de 2005, na cidade de Belém-PA e
profissionais especialistas em Odontopediatria, com relação a situações que possam ocorrer no atendimento odontológico, bem como descrever seus aspectos clínicos.Adotou-se metodologia específica com realização de
pesquisa bibliográfica e aplicação de questionário com questões abertas e fechadas, distribuídas para 121 alunos e 30 odontopediatras abordando: desejo de participar de curso sobre o tema, período ideal para o
ensino das intercorrências, conhecimento sobre protocolo de Suporte Básico de Vida, conhecimento dos equipamentos necessários para atendimento de urgência e/ou emergência e situações clínicas específicas, tais
como: síncope,hipoglicemia, convulsão, asma, acidentes oculares e obstrução de vias aéreas.Verificou-se que, embora conscientes dos riscos de ocorrência de situações emergenciais nos consultórios, a maioria dos alunos e
profissionais não possui conhecimentos sistematizados sobre os procedimentos necessários em casos de ocorrência destas situações. Concluiu-se que, a maioria dos alunos e Odontopediatras não possui protocolos de assistências médicas emergenciais, cuja existência é de fundamental importância para a continuidade na qualidade do atendimento de saúde,bem como apresentaram interesse em participar de cursos sobre o tema em questão.
Descritores: Emergência Médica, Odontologia, Urgência Médica

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eliana Lago Silva, Universidade Federal do Pará -UFPA

Mestre em Odontologia pela UFPA, Profª substituta da Disciplina de Materiais Dentários do curso de Odontologia - UFPA. Cirurgiã-Dentista, Especialista em Odontopediatria. 1º Tenente Enfermeira do Hospital de Aeronáutica de Belém-PA .Especialista em Enfermagem do Trabalho e Enfermagem Obstétrica

Referências

1. Guimarães PSP. Emergências Médicas em Odontologia. Rev Bras Odont 2001;58: 294-295
2. Maringoni RL. Principais Emergências Médicas no Consultório odontológico.Rev APCD 1998; 52:388-396
3. Marzola C, Griza GL. Profissionais e Acadêmicos de odontologia estão aptospara salvar vidas? Jornal Assess. Prestação Serv. Odont; São Paulo 2001 outubro 27; 9.
4. Pacheco W. Marques IH Emergências em Consultórios odontológicos. Jornal Assess. Prestação Serv. Odont; São Paulo 199914; 2.
5. Pinheiro ALB, Silva PC. Nossos Cirurgiões-Dentistas e alunos de Odontologia estão preparados para salvar vidas? Fac. Odont. Univ. Fed. Pernamb. Recife,1996; 7: 56-65
6. Armonia PL, Tortamano N, Ribas TRC, Saraceni JG. Ansiedade e Medo –Terapêutica Medicamentosa. Rev Odontol Univ Santo Amaro 2001; 6:31-34.
7. Pereira M BB. Urgências e Emergências em Odontopediatria nos primeiros anos de vida Curitiba :Editora Maio; 2001.
8. Malamed SF. Emergency medicine: beyond the basics. J. Am. Dent Assoc 1997;128: 843-854.
9. Malamed SF. Handbock of medical emergencies in the dental office. 3ª ed. St Louis: C V Mosby; 1987
10. Marzola C, Griza. GL. Profissionais e Acadêmicos de Odontologia estão aptos para salvar Vidas? Dental Review [periódico on-line] 2004.dirponivel em URL: http://www.dentalreview.com.br
11. Armonia et al. Local anesthetics in patients with cardiovascilar disturbs. Rev Fola Oral 1996; 6: 143-147.
12. Ferrera B. Emergência no Consultório: Quem está preparado? Rev ABO Nac 1999; 7: 7-11.
13. Erazo GAC. Manual de Urgências em Pronto Socorro . 7a ed: Editora Medsi;2002.
14. Carvalho C. Emergências Médicas no Atendimento Odontológico. Rev Bras Odont 2003; 60:108-111
15. American Heart Association. Guidelines 2000 for Cardiopulmonary Ressuscitation and Emergency Cardiovascular Care. Circulation 2000; 102: I253 - I290.
16. Howe GL. Algumas complicações da cirurgia oral. In: Howe GL. Cirurgia oral menor. 3ª ed. São Paulo: Editora Santos, 1990, p. 376-397.
17. Malamed SF. The stress reduction protocols: a method of minimizing risk in dental practice. Paper presented at the fifth annual Continuing Education Seminar in Practical Considerations in IV and IM Dental Sedation. Mt. Sinai Medical Center, Miami 1979.
18. Prado FC. Manual Prático de Diagnóstico e Tratamento-21a ed. Artes Médicas- 2003.
19. Severo GG. Primeiros Socorros no Consultório Odontológico. [Monografia] Belo Horizonte: Faculdade de Odontologia da UFMG 1999; 49 p.
20. Ockner W, Hubner G, Carlini JL, Medeiros U. Emergências Médicas no consultório Odontológico. J Brás Cin Odont Int 2001; 28:289-297
21. Sá Del Fiol FS, Fernandes, A V. Emergências Médicas em Consultório
Odontológico. Rev. ABO Nacional 2004; 12: 314-318.
22. Gomes RS; Maia DMF; Lehman LFC; Santoro DR; Azevedo P; Castro WH. Emergências Médicas no consultório dentário. Revista do CROMG 1999; 5:4-10
23. Tortamano IP, Armonia PL, Simone JL, Borsatti MA. Efeitos cardiovasculares produzidos pela administração intravascular de solução de lidocaína a 2% contendo noradrenalina 1:50.000 em cães – papel terapêutico do diazepan.Rev Pós Grad 2001; 8:353-358.
24. Silva EL. Suporte Básico de Vida. Rev Para Med 2005; 19: 73-74
25. Prado FC. Manual Prático de Diagnóstico e Tratamento-21a ed. Artes Médicas-2003.
26. Monnazzi MS; Prata DM; Vieira EH; Gsabrielle MAC; Carlos E. Emergências e urgências médicas. Como proceder? RGO 2001; 49:7-11.
27. Mochizuki M. Changes in heart rate and blood pressure during dental procedures with local anesthesia. Anesth Prog 1989; 36: 229-241.
287 Arquivos em Odontologia, Belo Horizonte, v.42, n.4, p.257-336, out./dez. 2006
28. Meyer FU. Hemodynamic changes under emotional stress following a minor surgical procedure under local anaesthesia. Int J Oral Maxillofac Surg 1987;16: 688-694.
29. Alves ME. Reanimação Cardiopulmonar: Avaliação de cirurgiões dentistas de Belo Horizonte. J Assess Prestação Serv Odont 2001: 27-32
30. Emergy RW, Guttenberg AS. Management priorities and treatment strategies for medical emergencies in the dental Office. Dental Clin North Am 1999; 3: 401-419
31. Gordon BR. Prevention and Management of Office allergy emergencies. Otolaryngol Clin North Am 1992; 25:119-134.
32. Hupp JR. Prevenção e tratamento das emergências médicas.In: Peterson LJ. Cirurgia oral e maxilofacial contemporânea. 3 ed Rio de Janeiro: Guanabara Koogan 2000; p 22-43.
33. Paramaesvaran M, Kingon AM. Alterations in blood pressure and pulse rate in exodontia patients. Aust Dent J 1994; 39: 282-286.
34. Ernica NM; Silva FM; Torriani MA. Deglutição e aspiração acidentais de corpos estranhos. Relato de três casos clínicos. Rev Brás de Cirur Period Curitiba 2003; 1: 131-135.
35. Garcia JR; Cretacotta JH. Pasaje accidental de um instrumento endodóntico al tracto digestivo. Rev Asoc Odont Argent 1972; 60:527-529.
36. Goultschin J; Heling B. Accidental swallowing of an endodontic instrument. Oral Surg 1971; 32:621-622.
37. Govila CP. Accidental swallowing of an endodontic instrument. Oral Surg 1979;48: 269-271.
38. Kaufman AY. Accidental ingestion of an enzootic instrument. Quintessence 1978; 9: 83-84.
39. Kharbanda OP et al. Accidental Swallaving of a gold cast crown during orthodontic tooth separation. J clin Pediatr Dent 1995; 19: 289-292.
40. Mejia JL. Accidental swallowing of a dental clamp. J Endod 1996;22: 619-620.
41. Nazif MM; Ready MA. Accidental swallowing of orthodontic expansion appliance keys: report of two cases. ASDC J Dent Child 1983; 50: 126-127.
42. Brand HS et al. Cardiovascular and neuroendocrine responses during acute stress induced by different types of dental treatment. Int Dent J Feb 1995; 45:45-48.
43. Brand HS, Abraham-Inplin L. Cardiovascular responses induced by dental treatment. Eur J Oral Sci, 1996; 104: 245-252.
Publicado
2016-03-02
Como Citar
Silva, E. L. (2016). ALUNOS FORMANDOS E PROFISSIONAIS DE ODONTOLOGIA ESTÃO CAPACITADOS PARA RECONHECEREM SITUAÇÕES EM EMERGÊNCIA MÉDICA E UTILIZAREM PROTOCOLOS DE ATENDIMENTO ?. Arquivos Em Odontologia, 42(4). Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/arquivosemodontologia/article/view/3419
Seção
Artigos