A REESTRUTURAÇÃO DO COLÉGIO UNIVERSITÁRIO DA UFMA NO PROCESSO DE URBANIZAÇÃO DE SÃO LUÍS (1960- 1980)

Autores

Palavras-chave:

Colégio Universitário, História da Educação, Maranhão.

Resumo

Neste artigo debate-se o processo de implantação e instalação do Colégio Universitário da Universidade Federal do Maranhão no contexto de modernização do ensino no estado (1960/1970) e de sua transferência e reestruturação para o bairro periférico da Vila Palmeira em São Luís como Colégio de Aplicação. Analisa-se a conjuntura político-educacional que viabilizou a remoção desta unidade integrada do campus universitário como modalidade escolar de escolarização restrita a uma pequena e seletiva clientela, para uma comunidade pobre na periferia da capital. Apontam-se os confrontos entre estratégias impostas pela política educacional/gestão funcionalista do estado, e táticas de apropriação dos professores, funcionários, alunos, lideranças e organizações comunitárias pertencentes a uma cultura local, que em função de interesses interligados, defenderam a instituição como instância de pertença, permanência e sobrevivência. Utilizam-se jornais, legislação e documentação do arquivo escolar como fontes norteadas pelo referencial teórico-metodológico da história cultural. Conclui-se que a defesa constante da comunidade local, professores e funcionários pelo papel/lugar do Colégio de Aplicação como imagem simbólica e concreta de superação neste bairro suburbano e sua efetivação como escola-laboratório, campo de estágio e espaço de educação permanente e de adultos, se constitui numa moeda de troca destes indivíduos para ter acesso ao mercado de bens simbólicos e um caminho para capitalizar possibilidades de ascensão social via sucesso escolar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

SAMUEL LUIS VELÁZQUEZ CASTELLANOS, UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO

Doutor em Educação Escolar pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Professor da Universidade Federal do Maranhão

WILSON RAIMUNDO DE OLIVEIRA, UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO

Mestre em Educação pela Universidade Federal do Maranhão.

Técnico em assuntos educacionais da mesma instituição.

Publicado

2021-12-03

Edição

Seção

Artigos