SABERES E IDENTIDADE DOCENTE: UMA ANÁLISE EM UM CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

Autores

Palavras-chave:

Formação de professores, Saberes docentes, Identidade docente

Resumo

O presente artigo teve por objetivo analisar a mobilização de saberes docentes e o processo de construção da identidade profissional de alunos de um curso de Licenciatura em Ciências Biológicas. Para tanto, foram realizadas entrevistas semiestruturadas com seis licenciandos em fase de conclusão do referido curso. As entrevistas foram gravadas em áudio e posteriormente transcritas e analisadas por meio de uma abordagem qualitativa, utilizando-se do método hermenêutico-dialético. Por meio desta análise emergiram duas categorias, a citar: Espaços de (re)construção e mobilização de saberes e Sentir-se professor: identidades profissionais em construção. Os resultados demonstraram a construção e mobilização de uma série de saberes inerentes à profissão docente que, por sua vez, carregam traços da identidade profissional dos licenciandos. Ademais, revelaram que esta identidade é mutável, construída de forma coletiva, depende do reconhecimento de outros atores sociais envolvidos neste processo para que seja assumida e está pautada principalmente em dois saberes: os disciplinares e os experienciais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcos Vinicius Marques da Silva, Universidade Federal do Maranhão

Mestrando pelo Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal do Maranhão (PPGE/UFMA). Licenciado em Ciências Biológicas (UFMA). Membro do Grupo de Pesquisa em Ensino de Ciências e Biologia (GPECBio/UFMA) e do Grupo de Pesquisa Escola, Currículo e Formação Docente (PPGE/UFMA).

Karla Jeane Coqueiro Bezerra Soares, Universidade Federal do Maranhão

Mestra em Ensino de Ciências e Matemática pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Graduada em Ciências Biológicas pela UFMA. Membro do Grupo de Pesquisa em Educação, Divulgação Científica e Ambiente (DiCEA/UFMA) e do Grupo de Pesquisa em Ensino de Ciências e Biologia (GPECBio/UFMA).

Mariana Guelero do Valle, Universidade Federal do Maranhão

Doutora e mestra em Educação pela Faculdade de Educação da USP (FE/USP). Licenciada em Ciências Biológicas pela Universidade de São Paulo (FFCLRP/USP). Líder do Grupo de Pesquisa em Ensino de Ciências e Biologia (GPECBio/UFMA). Professora adjunta do Departamento de Biologia da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Professora do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática da Universidade Federal do Maranhão (PPECEM/UFMA) e do Programa de Pós-Graduação em Gestão de Ensino da Educação Básica (PPGEEB/UFMA).

Publicado

2021-12-10

Edição

Seção

Artigos